2009 vem ai!



Amigos,

Mais um ano que termina...
Apesar de achar que esse ano foi um tanto pesado, conseguimos sobreviver e começo o ano de 2009 com muita confiança!
Desejo à vocês muitas coisas boas: saúde, felicidade e realizações.
Desejo principalmente que vocês saibam viver...com intensidade, com sabedoria, com amor, com respeito...por si, pelos outros e pela natureza.
Façam amigos, cuidem dos que já tem...é um sentimento muito valioso.
Feliz 2009!!!!!!

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Música: habibi ya nor el ayn

Essa é a última semana de 2008, então, a música da semana tem que ser especial.
Escolhi uma que adoro: Habibi ya nor el ayn !
Amr Diab me foi apresentado por meu irmão e fiquei encantada pelo estilo e pelo modo vibrante com que canta...como uma amiga diz: "é o tipo de música que nos faz querer sair dançando e outras coisas mais..." riso.
Não sei muito sobre ele, somente que é um cantor egípcio que faz muito sucesso em várias partes do Mundo.
Vamos curtir e começar 2009 dançando muuuuuuuuuuuuito!





Novidades no Belle Art

Tem novidades no Belle Art.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Feliz Natal !!!!!!!




Desejo à todos vocês um natal maravilhoso, cheio de amor, paz e muita saúde.
Beijos

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Música: Procuro um amor

Bom dia!
Adoro o Frejat e esse clip está lindo!!!!!!
Vamos curtir...

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Lição de vida

Amigos,

Depois de uma semana pesada, resolvi hoje colocar um post que é uma lição de vida e que serviu para me mostrar que minhas dificuldades e problemas são muito pequenos em relação à muitas coisas.

Sim, todos temos problemas!
Sim, aos nossos olhos nossos problemas são maiores que os dos outros!
Sim, todos temos direito de reclamar!

Mas...particularmente, e isso é realmente um sentimento muito pessoal, quando vejo um vídeo como esse, sinto que fui abençoada em muitas coisas e que deveria pensar mais quando reclamo de algo.
Estudo a doutrina espírita de Allan Kardec e acredito mesmo que as provações que passamos, são escolhas feitas por nós, para sanarmos falhas...mas mesmo assim meu coração fica apertado quando vejo algo assim.
Ao mesmo tempo fico muito feliz que ainda existem pessoas, como essa avó, capaz de um amor tão abnegado, tão incondicional!
Espero que a mensagem tenha sido passada.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Falta muito pra acabar 2008???????

Minha avó já dizia: " minha filha, aproveite muito os momentos bons que a vida lhe oferece, pois quando os ruins vêm, chegam de enxurrada!"
E é verdade...
Esses últimos dias levei uma bolada nas costas, uma raquetada na cara de onde eu menos esperava, de pessoas que nunca imaginei que pudessem fazer algo assim.
Raiva, sentimento de vingança?
Não, não tenho...só uma profunda tristeza e decepção.
Ontem veio outra rasteira, de outro lugar, dessa vez profissional.

O que me faz erguer a cabeça e seguir em frente, é ter ao meu lado as pessoas que me amam e que eu amo também. Me levanto, tento fechar as cicatrizes e sigo em frente.
Está sendo um ano difícil, muito difícil...tenho dois mantras ultimamente:

"Tomara que esse ano acabe logo...Tomara que esse ano acabe logo...Tomara que esse ano acabe logo...Tomara que esse ano acabe logo...Tomara que esse ano acabe logo...Tomara que esse ano acabe logo...Tomara que esse ano acabe logo...Tomara que esse ano acabe logo...Tomara que esse ano acabe logo...Tomara que esse ano acabe logo..."

"2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!2009 vai ser melhor!"

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Música: Corazon Espinado

Vamos começar a semana com uma combinação pra lá de perfeita: Santana & Mana!
Só curtindo e querendo sair dançando...




Corazon Espinado

Santana

Esa mujer me está matando
Me ha espinado el corazón
Por más que trato de olvidarla
Mi alma no da razón

Mi corazón aplastado
Molido y abandonado
A ver, a ver, tú sabes díme mi amor
Cuanto amor, y que dolor nos quedó

(Refrão)
Ah ah ai corazón espinado
como duele, me duele no amar
Ah ah ai como me duele el amor

Y como duele como duele el corazón
Cuando nos viene entregados
Pero no olvides mujer que algun dia dirás
Ai ai ai como me duele el amor

(Refrão)

Como me duele el olvido
Como duele el corazón
Como me duele estar vivo
Sin tenerte aun lado amor

Corazón espinado

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Novidades no Belle Art

Tem novidades no Belle Art.

domingo, 14 de dezembro de 2008

Às vezes...


tudo o que se quer é que o dia tenha mais de 24 horas!

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Música: Desenho de Giz

Música triste, mas letra tão bonita...e na voz da Simone então!



Desenho de Giz

Composição: João Bosco e Abel Silva

Quem quer viver um amor
Mas não quer suas marcas, qualquer cicatriz
A ilusão do amor
Não é risco na areia, é desenho de giz
Eu sei que vocês vão dizer
A questão é querer desejar, decidir
Aí diz o meu coração
Que prazer tem bater se ela não vai ouvir
Aí minha boca me diz
Que prazer tem sorrir
Se ela não me sorri também
Quem pode querer ser feliz
Se não for por um grande amor

Eu sei que vocês vão dizer
A questão é querer desejar, decidir
Aí diz o meu coração
Que prazer tem bater se ela não vai ouvir
Cantar mas me diga prá que ai ai ai
E o que vou sonhar
Só querendo escapar à dor
Quem pode querer ser feliz
Se não for por amor
Quem pode querer ser feliz
Se não for por amor
Quem pode querer ser feliz

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Novidades no Belle Art

Tem novidades no Belle Art!!!!!

domingo, 7 de dezembro de 2008

Poesia: Memória

Memória

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.
Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão.
Mas as coisas findas,
muito mais que lindas,
essas ficarão.


Carlos Drummond de Andrade

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Desejos impossíveis


Todo final de ano é a mesma coisa, a gente faz um balanço dos sonhos que realizamos ou não durante o ano.
Normalmente são sonhos possíveis, tipo comprar uma casa, trocar de carro, fazer uma viagem, emagrecer, encontrar um amor e etc, etc, etc.
Esses dias me pequei pensando naqueles desejos impossíveis que muitos de nós têm ao menos uma vez na vida.
Dai resolvi fazer uma listinha dos tais...os meus ultimamente tem a ver com o tempo, ou a falta dele.
Então vamos lá:

- Gostaria de ser capaz de me teletransportar, tipo Jornada nas Estrelas...nossa, já pensou que maravilha, em 1 segundo estar em qualquer lugar desse planeta????????

- Na impossibilidade do teletransporte, uma coisa que já me deixaria feliz, seria na hora que precisasse estacionar o carro ele diminuir até o tamanho da vaga encontrada. Muitas vezes só tem aquela vaguinha, mas seu carro não cabe lá...ai, ai.

- Queria um robô doméstica, que realizasse qualquer tipo de trabalho doméstico, sem reclamar, sem discutir ordens, sem cara feia, sem atrasar, sem desperdiçar material e que fizesse tudo do jeitinho que eu pedisse.

- Queria toda vez que sentisse saudade de um momento bom que já vivi, que pudesse tornar a viver, do mesmo jeito, com as mesmas pessoas.

E você, quais seus desejos impossíveis????????

Em tempo...queridos, vou tentar visitar os blogs hoje, é que falta tempo mesmo.

imagem: http://sonharepreciso.zip.net/images/sonhos1_28-12-03.jpg

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Novidades no Belle Art

Tem peças novas no Belle Art.
Beijos

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Música: Whenever you call

Ebaaaaaaaa, semana nova, mês novo, fim de ano...
Vamos começar o mês e terminar o ano romanticamente e com vozes lindas: Mariah Carey e Brian Mcknight.

Quando a gente ama, não há distância...



Whenever You Call

Mariah Carey

Love wandered inside
Stronger than you
Stronger than I
And now that it has begun
We can not turn back
We can only turn into one

I won't ever be too
Far away to feel you
And I won't hesitate at all
Whenever you call
And I'll always remember
That part of you so tender
I'll be the one to catch your fall
Whenever you call

And I'm truly inspired
Finding my soul there in your eyes
And you have opened my heart
And lifted me inside
By showing me yourself undisguised

And I will pray for you each day
Comfort you through all the pain
Gently kiss your fears away
You can turn to me and cry
Always understand that I
Give you all I have inside

Solidariedade

Não posso ficar sem comentar sobre a tragédia que se abateu sobre nossos irmãos em Santa Catarina.
É um horror ver tanto sofrimento!
Mais do que casas, móveis, roupas, as pessoas perderam sonhos, projetos de vida e muitas delas, parentes e amigos.
Fico olhando pela TV e vejo a cara de desesperança, de sofrimento, de desespero...algumas parecem que falam automaticamente, sem ainda ter noção do que aconteceu.
Faço um apelo para que todos se mobilizem...é nossa obrigação, nosso dever ajudar, como pudermos.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Novidades no Belle Art

Tem novidades no blog Belle Art.
Beijos

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Meme

Esse foi um meme passado a mim pelo minha amiga blogueira Carol.

Bem, uma das regras é a divulgação das regras, então lá vão elas:

- Escrever uma lista com 8 coisas que sonhamos fazer antes de ir para a terra dos pés juntos;
- Convidar 8 blogueiros amigos para responder também;
- Comentar no blog de quem nos convidou;
- Comentar nos blogs dos nossos convidados para que saibam da "convocação";
- Mencionar os Sonhos em fazer muitas coisas antes de ir para a terra dos pés juntos.

Então vamos lá:

1 - Quero poder viver o suficiente para ver meu filho conquistar seus sonhos e ser feliz.
2 - Quero viajar para lugares que ainda não conheço.
3 - Quero abrir minha loja de artesanato.
4 - Quero ter mais um filho com meu marido.
5 - Quero ter dinheiro suficiente para viver bem, sem preocupação.
6 - Tenho uma amiga em especial, que está sempre em busca da felicidade, de amor...quero que ela encontre alguém especial, que a ame muito e que ela fique bem.
7 - Quero reformar minha casa e deixá-la do jeito que sempre sonhei.
8 - Quero ter mais tempo para ler.

Repasso esse meme para:

Margarete
Renato
Cin
MamaNunes
Tiago
Vivian
Mila
Monica Montone

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Música: Never Had A Dream Come True

S Club era mais uma banda como tantas outras que tem por ai, nada de excepcional, na verdade bem água com açúcar, mas essa música eu gosto, é bonita.



Never Had A Dream Come True

S Club 7

Everybody's got something
They had to leave behind
One regret from yesterday
That just seems to grow with time
There's no use looking back or wondering (or wondering)
How it could be now or might have been (or might have been)
All this, I know, but still I cant find ways to let you go

I never had a dream come true
Till the day that I found you
Even though, I pretend that I've moved on
You'll always be my baby
I never found the words to say ( words to say)
You're the one I think about each day ,
And I know no matter where life takes me to
A part of me will always be with you

Somewhere in my memory I've lost all sense of time(of time)
And tomorrow can never be
Cause yesterday is all that fills my mind
There's no use looking back or wondering (or wondering)
how it should be now or might have been (might have been)
all this i know but still can't find ways to let you go

I never had a dream come true
Till the day that I found you
Even though, I pretend that I've moved on
You'll always be my baby
I never found the words to say ( words to say)
You're the one I think about each day
And I know no matter where life takes me to
A part of me will always be with you.

You'll always be the dream that fills my head
Yes, you will, say you will, you know you will, oh baby
You'll always be the one I know I'll never forget
There's no use looking back or wondering
Because love is a strange and funny thing
No matter how I try and try I just can't say goodbye
No, no, no, no

I never had a dream come true,
Till the day that I found you,
Even though, I pretend that I've moved on,
You'll always be my baby,
I never found the words to say ( words to say)
You're the one I think about each day,
And I know no matter where life takes me to,
A part of me will always
A part of me will always be with you.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Blog novo: Belle Art

Bom dia, povo do bem!

Vim aqui divulgar meu novo blog, o Belle Art.
Ele é voltado exclusivamente para divulgar meu artesanato.
Quem gosta de arte e quiser me visitar, terei muito prazer em receber.

domingo, 23 de novembro de 2008

Momento Mãe: Orgulho


Essa semana foi de babação de mãe...da minha amiga blogueira Simone, cujo filho começou a ler e agora minha vez, olhando encantada para o cartão que meu filho escreveu ao Papai Noel, para pendurar no mural da escola.
Ele ainda não sabe formar palavras, somente algumas coisas, como "mamãe, papai, vovó e o nome dele", mas como sabe escrever todas as letras, fui ditando e ele escrevendo.
Não é de dar orgulho?????

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Texto: Precisão


Precisão



O que me tranquiliza
é que tudo o que existe,
existe com uma precisão absoluta.
O que for do tamanho de uma cabeça de alfinete
não transborda nem uma fração de milímetro
além do tamanho de uma cabeça de alfinete.
Tudo o que existe é de uma grande exatidão.
Pena é que a maior parte do que existe
com essa exatidão
nos é tecnicamente invisível.
O bom é que a verdade chega a nós
como um sentido secreto das coisas.
Nós terminamos adivinhando, confusos,
a perfeição.


Clarice Lispector

fonte: http://adufe.net/wp-content/uploads/precisao2.jpg

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Música: Dont Know Why

Ouvir Norah Jones cantar e tocar...não é ótimo começar a semana assim?
Música que me faz pensar em uma noite bonita, com um copo de vinho, mas tendo como companhia a solidão...muitas vezes deixamos o momento passar, daí vem o arrependimento...



Don't Know Why

Norah Jones

Composição: Jesse Harris

I waited 'til I saw the sun
I don't know why I didn't come
I left you by the house of fun
I don't know why I didn't come (2x)

When I saw the break of the day
I wished that I could fly away
Instead of kneeling in the sand
Catching teardrops in my hand

My heart is drenched in wine
But you'll be on my mind
Forever

Out across the endless sea
I would die in ecstasy
But I'll be a bag of bones
Driving down the road alone

My heart is drenched in wine
But you'll be on my mind
Forever

Something has to make you run
I don't know why I didn't come
I feel as empty as a drum
I don't know why I didn't come (3x)

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Momento mãe: De onde vêm os bebês

Vejam só como mentir para uma criança, em qualquer idade, é perigoso e idiota...esse texto recebi de uma amiga e serve de exemplo. Devemos sempre explicar os fatos da vida aos nossos filhos, de uma maneira simples e que ele seja capaz de entender, respeitando a maturidade de cada fase.


De onde vêm os bebês

Sentado à mesa da cozinha, o filho de oito anos faz a lição, enquanto a mãe vai pra lá e pra cá e termina de preparar o almoço.
De repente,
ele pára, observa com atenção o barrigão de grávida da mãe, coloca a ponta emborrachada do lápis na boca, aponta o dedinho indicador em direção à barriga materna e sentencia:
– Manhê! Você sabe como o bebê foi parar aí?
A mãe pára tudo que está fazendo e sente um frio percorrer a espinha. Respira fundo, enquanto diz para si mesma que sabia que um dia essa hora chegaria. Seca as mãos no avental, puxa uma cadeira, senta-se ao lado do filho e com um tom o mais didático possível, inicia a conversa com o pequeno:
– Oh, querido, por que está pensando nisso agora?

– Ué, porque eu estou pensando, mãe... Você sabe como o bebê foi parar
aí dentro? – Meu bem, claro que sei. Sei, sim...
– Hmmm, e como é que foi, então?
– É... Bem... Foi... Filho, é o seguinte... Sabe o papai?

– O que é que tem o papai?

- Bem, o papai, assim como todos os papais de todos os bebês do mundo
inteirinho, tem uma porção de sementinhas com ele. Você entende?
– Sementinhas? Igual às sementinhas das frutas?
– Sim, igual às sementinhas das frutas. Elas ficam guardadas num bolsinho especial que só os papais têm.
– Hmmm... E daí?
– E daí que... Bem... É... Quando um papai casa com uma mamãe...
Bem... Chega um dia que o papai e a mamãe pensam: "ah, acho que está na hora de termos um bebê!". Então acontece algo muito mágico e bonito...
– O que acontece, mãe?
– Bom... Acontece que o papai escolhe uma de suas sementinhas e a entrega para a mamãe. Então a mamãe guarda a sementinha dentro da barriga e ela vira um bebê.
– E como você coloca ela dentro da barriga?

– É... Como...? Como eu... coloco dentro da barriga? Bem... É... Ora,
meu filho... Isso é muito simples e natural, é...
– Como é, mãe?
– Bem... Aflita, a mãe arrisca: – Ora... é pelo umbigo!
– Pelo umbigo?

– Sim, meu filho, pelo umbigo. É para isso que servem os umbigos.


O menino levanta sua camiseta e assustado olha para o próprio umbigo.

– Mas, mãe, não são só as mamães que têm bebês?
Percebendo o impasse causado, a mãe tenta contornar a situação:
– É, bem... Sim, querido, são só as mamães que têm bebês...

– Mas então para que servem os umbigos dos papais?

– Bem... Os umbigos dos papais servem... servem para... para guardar
as sementinhas, é isso! Os umbigos dos papais servem para guardar as sementinhas! Entendeu?

O menino faz uma expressão de quem está imaginando a cena. O pai e a mãe, um de frente para o outro. O pai começa a rir, a mãe começa a rir. O pai levanta a camiseta, tira uma sementinha do umbigo, dá a sementinha para a mãe, a mãe levanta a camiseta e coloca a sementinha no umbigo.

– Entendeu, meu bem?

Enquanto o menino continua pensativo, a mãe levanta-se da cadeira,
triunfante, e se volta para seus afazeres domésticos.
Alguns minutos
depois, quando vai colocar uns pratos na mesa, ela percebe que o menino está apagando com insistência e afinco uma página inteira de anotações em seu caderno.

– Se enganou em alguma resposta, querido?
– É, acho que sim.
– E qual foi?

– "De onde vêm os bebês?". Eu tinha respondido: "Naturalmente, eles
vêm do ato sexual entre macho e fêmea da mesma espécie, onde ocorre a união entre óvulo e espermatozóide", mas agora você me explicou de outro jeito, mãe. Acho que minha professora e meu livro de ciências não entendem nada de bebês.

A mãe estremece.

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Mulher prendada

Oi, povo do bem!

Decidi incluir mais um item a minha infindável (e nada modesta, hehehehehehe) lista de mulher prendada: estou fazendo um curso de Découpage.
É uma delícia e estou amando fazer, nem vejo a hora passar.
Agora além de saber cozinhar, cuidar da casa, ser mãe, esposa, cuidar do escritório, tecer, bordar, fazer bijuteria e caixas de presentes, sei fazer Découpage...vixe, se não fosse casada (e bem casada!), diria que sou um bom partido, hahahahahahahahahahahahaha.
Abaixo seguem fotos das minhas primeiras peças.
Se alguém se interessar (olha a propaganda), aceito encomendas.



CAIXA DE PANETONE COM TEXTURA



PORTA CONTROLE REMOTO


BANDEJA GIRATÓRIA CRAQUELADA

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Música: Tocando em frente

Almir Sater, esse sabe tudo: tocar, cantar, compor, emocionar!
Uma das letras mais lindas que já vi, vamos curtir...



Tocando em Frente

Almir Sater

Composição: Almir Sater e Renato Teixeira

Ando devagar porque já tive pressa
Levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Eu nada sei

Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida seja simplesmente
Compreender a marcha e ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro levando a boiada
Eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou
Estrada eu sou


Conhecer as manhas e as manhãs,

O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder seguir,
É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia todo mundo chora,
Um dia a gente chega, e no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder seguir,
É preciso a chuva para florir

Ando devagar porque já tive pressa
Levo esse sorriso porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história,
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Cora Coralina: Assim eu vejo a vida


Assim eu vejo a vida

A vida tem duas faces:
Positiva e negativa
O passado foi duro
mas deixou o seu legado
Saber viver é a grande sabedoria
Que eu possa dignificar
Minha condição de mulher,
Aceitar suas limitações
E me fazer pedra de segurança
dos valores que vão desmoronando.
Nasci em tempos rudes
Aceitei contradições
lutas e pedras
como lições de vida
e delas me sirvo
Aprendi a viver.

Cora Coralina

Acho que todos nós ansiamos por essa sabedoria, né...

imagem: http://lnlb.files.wordpress.com/2008/08/vida.jpg

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Meu dia de fúria!

Quem acompanha meu blog há um tempo, sabe da minha implicância com essas pessoas de telemarketing da vida.
Me considero uma pessoa bem humorada, razoável e procuro ter paciência com todos (verdade que nem sempre consigo); mas ontem decididamente perdi as estribeiras!!!!!
Gente, juro, tô falando a verdade...não passa um dia sequer sem que alguém ligue aqui na minha casa para me oferecer qualquer coisa...e não tem horário, começa às 8:00 horas e outro dia me ligaram eram quase 21:00 horas, não dá!


Ontem estava eu aqui atarefadíssima, cheia de trabalho, fazendo cálculos e desde manhã o telefone tocando, só gente me oferecendo coisas...primeiro foi da Telefônica, depois de uma operadora de celular, depois de um jornal...nisso eu já estava me estressando, porque tinha que ficar parando toda hora, o raciocínio era cortado e quando voltava, tinha que começar tudo de novo.
Já no meio da tarde toca o telefone de novo...uma moça pergunta pelo meu nome, eu como sempre pergunto quem gostaria de falar e ela : "é do Centro Educacional". Falei que era eu, já que achei que era um lugar aqui perto de casa...dai ela fala:

-Olá, meu nome é fulana de tal e sou da LBV...
Nisso eu já cortei:
-Peraí, você não falou que era do Centro Educacional?
Ela meio engasgou:
-É, é que é o mesmo nome, então...
-Olha, eu não gosto quando vocês fazem isso só pra gente atender. Outro dia me ligaram dai e falaram que era uma amiga minha, quando fui atender era da LBV, acho muito feio vocês mentirem pra conseguir falar com a gente.
-Não, Sra, desculpe, não foi minha intenção. Mas, então, sou da LBV e estamos fazendo uma campanha.
-Desculpe você, mas nem vamos começar, ok...eu já ajudo outras instituições e não posso mais ajudar nenhuma.
-Mas são só R$10,00 e...
-Não, desculpe vou desligar!


Vocês devem estar pensando: "nossa, que grossa"....não, não sou grossa, só não gosto de mentira, não gosto da LBV e gosto de escolher as intituições que vou ajudar!
Nesse ponto minha paciência já tinha ido pro espaço. Não deu meia hora e lá toca a porcaria do telefone de novo.
Atendi com aquela voz de...bom, vocês sabem. Uma voz toda alegre e querendo ser muito íntima:

-Boa taaaaaaaaaaardeeeeeeeeeeeee! Por favor a D. Edna?
Revirei os olhos, rogando aos céus paciência...
-Sou eu (deveria ter seguido minha intuição e falado que eu não estava)
-D. Edna, boa tarde, tudo bem com a Sra?
-Hã
-Então, D. Edna, sou fulano, do lugar tal e seu nome foi escolhido entre muitos para ganhar um brindeeeeeeeeeeee...

Tive vontade de chorar, juro...já vi esse filme! Já cortei...
-Olha, não vamos perder meu tempo e nem o seu, eu não estou interessada.
-Comooooo, a Sra não quer o brinde?
-Não!
-Por que, D. Edna?
-Porque eu conheço essa técnica, você começa falando de brinde e daqui a pouco está pedindo o número do meu cartão de crédito.


Inacreditavelmente, vejam só vocês, o cara se ofendeu!!!!!!!!! Ele com certeza não teve o treinamento adequado, aonde diz que o cliente tem sempre razão e que eles podem insistir até um certo ponto...


-Eu falei algum momento em cartão de crédito, D. Edna?
-Não, mas iria falar, é o segundo passo!


E para meu total espanto, ele solta a pérola, aquilo que iria desencadear toda minha fúria acumulada ao longo do dia:


-A Sra. está bêbada?????????

Sim, meus amigos, ele falou isso!!!!
Eu, não querendo acreditar que ele tinha falado, ainda perguntei:

-O que você disse?
-A Sra. está bêbada?


Senti meu rosto avermelhar e quase berrando ao telefone:

-Não, mas com certeza sua mãe estava quando te fez, seu f..... (piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii)


Ai, gente, não costumo ser grossa assim e nem falar palavrão, mas decididamente ontem era meu dia de fúria!

Pior que isso, só um dia antes de eu operar...a gente sempre fica com medinho de anestesia geral, tal...dai, né, eu já estava meio ansiosa e ligam pra cá me oferecendo jazigo de cemitério, hahahahahahahhahahahahhahahaha, eu mereço!!!!!


quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Música: Viva La Vida

Gosto dessa música e da voz dele também!
Hoje vamos de Coldplay, com Viva La Vida, para lembrar a todos nós que muitas vezes os castelos são de areia.




Viva la Vida

Coldplay

I used to rule the world
Seas would rise when I gave the word
Now in the morning I sleep alone
Sweep the streets I used to own

I used to roll the dice
Feel the fear in my enemy's eyes
Listen as the crowd would sing
"Now the old king is dead! Long live the king!"
One minute I held the key
Next the walls were closed on me
And I discovered that my castles stand
Upon pillars of salt and pillars of sand

I hear Jerusalem bells a-ringing
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror my sword and shield
Missionaries in a foreign field
For some reason I can't explain
Once you'd gone there was never
Never an honest word
That was when I ruled the world

It was the wicked and wild wind
Blew down the doors to let me in.
Shattered windows and the sound of drums
People couldn't believe what I'd become
Revolutionaries Wait
For my head on a silver plate
Just a puppet on a lonely string
Oh who would ever want to be king?

I hear Jerusalem bells a-ringing
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror my sword and shield
My missionaries in a foreign field
For some reason I can't explain
I know St. Peter won't call my name
Never an honest word
And that was when I ruled the world

(Ohhhhh Ohhh Ohhh)

Hear Jerusalem bells a-ringings
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror my sword and shield
My missionaries in a foreign field
For some reason I can't explain
I know St. Peter won't call my name
Never an honest word
But that was when I ruled the world

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Poema: Tu e Eu


Estou fechando a semana numa correria louca, sem tempo nem de visitar os blogs, sorry.
Fiquem com um lindo poema para o final de semana.
Beijos.


TU E EU

Somos diferentes, tu e eu.
Tens forma e graça
e a sabedoria de só saber crescer
até dar pé.
E não sei onde quero chegar
e só sirvo para uma coisa
- que não sei qual é!
És de outra pipa
e eu de um cripto.
Tu, lipa
Eu, calipto.

Gostas de um som tempestade
roque lenha
muito heavy
Prefiro o barroco italiano
e dos alemães
o mais leve.
És vidrada no Lobão
eu sou mais albônico.
Tu,fão.
Eu,fônico.

És suculenta
e selvagem
como uma fruta do trópico
Eu já sequei
e me resignei
como um socialista utópico.
Tu não tens nada de mim
eu não tenho nada teu.
Tu,piniquim.
Eu,ropeu.

Gostas daquelas festas
que começam mal e terminam pior.
Gosto de graves rituais
em que sou pertinente
e, ao mesmo tempo, o prior.
Tu és um corpo e eu um vulto,
és uma miss, eu um místico.
Tu,multo.
Eu,carístico.

És colorida,
um pouco aérea,
e só pensas em ti.
Sou meio cinzento,
algo rasteiro,
e só penso em Pi.
Somos cada um de um pano
uma sã e o outro insano.
Tu,cano.
Eu,clidiano.

Dizes na cara
o que te vem a cabeça
com coragem e ânimo.
Hesito entre duas palavras,
escolho uma terceira
e no fim digo o sinônimo.
Tu não temes o engano
enquanto eu cismo.
Tu,tano.
Eu,femismo.

Luis Fernando Veríssimo
imagem: http://i28.photobucket.com/albums/c242/danyrey/maosdadas.jpg

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Dia Nacional do livro


Hoje comemoramos o dia nacional do livro.
Sempre fui uma devoradora de histórias, quando criança e adolescente era figurinha carimbada na biblioteca do bairro onde morava, era conhecida por todos os funcionários.
Muitas vezes os livros que eram para minha idade não me interessavam e pegava outros, então o coordenador da biblioteca tentava me convencer a levar um mais apropriado...às vezes eu batia o pé e levava o que queria, outras vezes, quando o livro não era meeeeeeesssssssssssssmo para minha idade, ele não me deixava levar, riso...o Zézinho era fogo, bravo toda vida!
As pessoas hoje em dia falam que me expresso bem, que sou bem articulada e tenho certeza que isso se deve a minha avidez por livros. Minha mãe muitas vezes tinha que me dar bronca para ir dormir, pois eu ficava grudada nos livros.
Criança tem que estudar, criança tem que brincar, mas criança também deve ser estimulada a ler sempre.
Por isso mamãe, papais, titios, vamos incentivar nossas crias!

imagem: http://www.pmf.sc.gov.br/ebmantoniopaschoal/monteirolobato_livros.jpg

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Pra pensar...

“Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem, É preciso relê-los sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos.”


Nelson Rodrigues

terça-feira, 28 de outubro de 2008

 
Pensamento Nosso - Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu Templates Novo Blogger