Para Ultra Violet



Homenagem a minha amiga blogueira Ultra Violet, que hoje parte para conquistar o Oriente, sorriso...
Boa sorte e muita luz, querida!!!!!
Beijo















domingo, 30 de setembro de 2007

Série signos: OS SIGNOS NA FÁBRICA




São 5 horas da tarde. 12 funcionários de uma fábrica estão voltando pra casa no final do expediente. Ao chegarem ao portão de saída, descobrem que está trancado por fora, e como eles são os últimos a sair, não há ninguém para abri-lo para eles. Cada uma das 12 pessoas pertence a um dos signos do zodíaco.
Veja agora que reação cada um demonstra diante do acontecido:
Áries: Dando socos e pontapés no portão, berra: "ABRE ESSA PORCARIA!!!!!! QUE DROGA, NINGUÉM TÁ ME OUVINDO NÃO???? (BAM BAM BAM) ABRE SE NÃO EU ARROMBO!!!"

Touro: Chegando mais perto, diz: "Pera aí gente, este cadeado não deve estar mesmo trancado, deixa eu ver... alguém tem um grampo aí? De repente se colocássemos 3 pessoas de um lado e 3 de outro empurrando, conseguiríamos abrir isso.. essas roldanas estão meio frouxas, isso seria fácil..."

Gêmeos: Desanda a falar "Galera, isso já aconteceu com um amigo de um amigo de um amigo meu antes, lá em.. em.. como é mesmo o lugar?? Enfim, o lugar era muito maneiro, meus amigos sempre me convidam para ir pra lá, mas eu nunca pude por causa do trabalho e tal, mas enfim, sobre a coincidência, ah... sobre o que eu estava falando mesmo?"

Câncer: Choramingando com as mão na cabeça e os olhos no relógio, "Ah não... hoje não.. (snif), tenho que buscar as crianças no colégio, tenho um jantar lá na mamãe... ihh, meu feijão ficou no fogo!! Ah, não, isso sempre acontece comigo...(snif)"

Leão: Levanta os braços e fala em alto e bom som para todos: "Vocês não se preocupem, pois EU vou resolver todo este problema, por um simples motivo. EU conheço o DONO desta fábrica, EU vou reclamar com ele pessoalmente,possivelmente ele vai ME indicar para pedir desculpas oficiais a todos vocês..."

Virgem: Pensativo, fala: "Calma pessoal, vamos analisar a situação. São 5:17 da tarde, deve haver alguém da limpeza lá dentro. Se não houver, vamos agir com sensatez e ligar para a polícia.. alguém tem um celular aí? Ou quem sabepodemos tentar o outro portão dos fundos, ou talvez procurar pelas chaves no armário do zelador.. é tudo uma questão de lógica e organização"

Libra: Com um sorriso no rosto, diz para todos "Ih pessoal, relaxem... poderia ser pior, só estamos presos aqui, mais nada.. porque nós não nos sentamos aqui em roda e começamos a conversar, posso ir até a cozinha pegar um vinho... de repente admirar o céu, ah, vocês já pararam para ver como o pôr do sol está magnífico?"

Escorpião: Sério, aperta os olhos e fala calmo "Você podem escrever o que eu vou dizer... se eu pegar o infeliz que trancou este portão, ele vai se arrepender profundamente do dia em que nasceu..."

Sagitário: Abraçando um aqui e dando tapinhas nas costas de outro ali "AH, que situação mais cômica, hahahahahahaha, isso me lembra uma piada, hahahah, vocêsconhecem aquela do..."

Capricórnio: Em silêncio, olha para o relógio, e para o portão, para o relógio, para o portão, para o relógio...

Aquário: Sem pensar muito, pula o muro, cai do outro lado, abre o portão para os outros, e sai andando rápido pois ainda tem um cinema pra pegar dali a alguns minutos.

Peixes: Senta-se num canto, joga a cabeça entre os braços, e começa a chorar baixinho.


imagem: www.filatelissimo.com

Dica Literária: Guia Ilustrado Zahar de Cinema



Essa dica é imperdível para quem é fã de cinema: Guia Ilustrado Zahar de Cinema, de Ronald Bergan, lançado pela Editora Jorge Zahar.
Vamos a sinopse:

"O 'Guia Ilustrado Zahar de Cinema,' organizado pelo crítico inglês Ronald Bergan, é uma viagem pela história, os gêneros e as biografias de atores e diretores que fizeram da sala escura uma porta para um novo universo. Além de indicar as 100 obras-primas que nenhum cinéfilo pode deixar de ver, Bergan lista diretores do mundo todo de A a Z, perfila grandes estrelas e explica como é o ciclo de vida de um filme, do argumento à estréia. O volume também traça um panorama da cinematografia de países como Espanha, Índia, Japão e China, entre outros. O autor analisa ainda as características e a contribuição do cinema latino-americano. Em capítulos sobre a América Central e a América do Sul, Bergan comenta a tradição política dos cineastas destes países e destaca a obra de brasileiros como Glauber Rocha, Ruy Guerra, Cacá Diegues e Nelson Pereira dos Santos. Relata também que, nos anos 1980, o cinema latino-americano passou por um renascimento, listando obras como 'Central do Brasil,' de Walter Salles, 'Cidade de Deus,' de Fernando Meirelles, 'Nove rainhas,' do argentino Fabián Bielinsky, e 'Whisky,' do uruguaio Pablo Stoll."






sábado, 29 de setembro de 2007

Dica de Vinho: Tarapacá Gran Reserva Etiqueta Negra 2004



Nesse sábado a dica é de um vinho tinto chileno: Tarapacá Gran Reserva Etiqueta Negra 2004.

Vinho elaborado com a variedade Cabernet Sauvignon, cultivada em vinhedos localizados no Vale do Maipo. É um vinho bem encorpado com taninos intensos e maduros, bem equilibrados, conferindo-lhe grande evolução. Após um período de 14 meses em carvalho francês, é engarrafado e guardado por 12 meses em caves subterrâneas até o momento da comercialização.
Vermelho púrpura com tonalidades que vão do rubi ao ocre nas bordas
Aroma de frutas vermelhas maduras como amora e cassis, compotas, tabaco e um leve toque de baunilha
Vinho encorpado, com taninos intensos e maduros, bem equilibrado e com potencial de guarda.
Salut!!!



Prêmio


O Heliarly, do Doideira Pura , me presenteou com mais um prêmio, o que muito me honra!

Não sei qual era o critério original, mas vou seguir o caminho do Heliarly: "Escolhi meus indicados usando um critério que achei o mais justo: indicar blogueiros que estão sempre presentes, estimulando, comentando, participando e contribuindo para o "bem viver" na blogosfera como um todo. Muita gente se encaixa nessa definição, mas, como só posso indicar sete, repasso o prêmio para":


Notaram que só mulheres, né? Foi proposital, para saudar a primavera, que tem tudo a ver com mulher!

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Dicas de Fim de Semana


Aqui estão as boas do fim de semana, vamos aproveitar:

BELO HORIZONTE:

3° Festival Internacional de Violão - Instrumental: De 23/09 a 30/09 - de seg a dom - vários locais.
Com curadoria dos músicos Juarez Moreira, Alieksey Vianna e Fernando Araújo, a terceira edição do evento conta com a participação de instrumentistas do Brasil e de outros países, como Estados Unidos, Cuba, Porto Rico, França, Itália, Noruega e Benim.
O Festival Internacional de Violão é um evento que mistura técnicas e linguagens que ficam entre o popular e o erudito, com apresentações de concertos, palestras e master classes.
Entre as atrações estão Ulisses Rocha, Toninho Ferraguti, Toninho Horta (foto), o americano David Tanembaum e a cubana Iliana Matos. É grátis!!!!
Confira a programação dos concertos:

Dia 28/09, sex, às 20h - Teatro SESIMINAS
David Tanenbaum
Sebastião Tapajós

Dia 29/09, sab, às 20h - Teatro SESIMINAS
Ivan Rijos
Lionel Loueke

Dia 30/09, sab, às 20h - Teatro SESIMINAS
Oregon

Cordel do Fogo Encantado - Variados - Dia 29/09, às 21:00 horas - no Freegells Music, Av. do Contorno - 3239 - Santa Efigênia - Fone: 3461-4000.
A banda pernambucana, formada pelo vocalista e panderista Lirinha, os percussionistas Emerson, Nêgo Henrique e Rafa Almeida e o violonista Clayton, apresenta o show Transfiguração, terceiro disco de sua carreira, na 4ª Calourada de Comunicação do UNI-BH.
Conhecido por misturar teatro, poesia e música, o Cordel do Fogo Encantado faz apresentação em que, por meio de uma atmosfera quase mística, o público é transportado para uma viagem sonora, representada por músicas como Preta, Aqui (Memórias do Cárcere) e Na Estrada (Quando Encontrei Dean Pela Primeira Vez).
A festa conta com sete horas de música sem parar, e traz ainda shows de reggae, com a banda Abou e os Caras, e pop rock, com as bandas Circular 01 e Jhö Papa. Na pista, os DJs Rhommel, Van Petten e Vitor Benatti, comandam o som.

Seu Jorge - cantor de MPB faz show de 28/09 a 29/09, às 21:00 horas - no Grande Teatro do Palácio das Artes, Av. Afonso Pena - 1.537 - Centro - Fone: 3236-7400.

Zeca Pagodinho - cantor faz show dia 28/09, às 22:00 horas - no Chevrolet Hall, Av. Nossa Senhora do Carmo - 230 - Savassi - Fone: 3209-8989 ou 2191-5700.

Teatro Infantil:
Simbad, o Marujo - Dia 30/09, às 10h30- no Espaço Cultural da Concessionária Recreio, Av. Barão Homem de Melo - 3.535 - Estoril - Fone: 3319-9006.
Órfão de pai e mãe, Simbad é um rapaz corajoso que vive sozinho em Bagdá. Um dia, cansado da vida solitária, resolve juntar o pouco dinheiro que tem para comprar um barco. Assim, se lança ao mar e parte para uma viagem repleta de aventuras.


CURITIBA:

Elba Ramalho - cantora faz show dia 29/09, às 21:00 horas - no Guairão - Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto Rua Conselheiro Laurindo - s/nº - Centro - Fone: 3304-7914 - ramal 214.

Simone - cantora faz show dia 28/09, às 21:00 horas - no Guairão - Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto Rua Conselheiro Laurindo - s/nº - Centro - Fone: 3304-7914 - ramal 214.

Teatro Infantil:
Meninices - Bonecos - De 29/09 a 30/09 - Horário: sab e dom, às 15h e 17h - no Teatro de Bonecos Dr. Botica, Avenida 7 de setembro - 2.775 - Centro - Fone: 3322-2775.
A peça mostra as lembranças de infância do filho de um pescador, que tem hoje grande presença junto ao público.
Histórias e aventuras são a tônica deste espetáculo de teatro de bonecos da Cia. Ti Biri Bão.

Pinóquio - De 30/09 a 28/10 - Domingos, às 16:00 horas - no Teatro Lala Schneider, Rua Treze de Maio - 629 - Largo da Ordem - Fone: 3232-8108.
O espetáculo é uma releitura de Jão Luiz Fiani para o grande clássico escrito pelo italiano Carlo Collodi. A história do boneco de madeira que queria ser gente, sempre se envolveu em confusões e enrascadas.
Em sua jornada encontra más companhias e acaba aprendendo a mentir vendo seu nariz crescer a cada nova mentira.


FLORIANÓPOLIS:

Elba Ramalho - cantora faz show dia 28/09, às 21:00 horas - no Teatro Ademir Rosa, Avenida Irineu Bornhausen - 5.600 -Itacorubi - Fone: 3953-2300 / 3953-2301.

Circo:
Tholl - Imagem e Sonho - De 30/09 a 01/10, às 20:00 horas - no Ginásio do Clube Elase, Avenida César Seara, - 560 - Carvoeira - Florianópolis/SC.
O espetáculo é realizado pela OPTC - Oficina Permanente de Técnicas Circenses, que utiliza métodos cênicos, técnicas circenses, sendo assitido por qualquer tipo de público e idade.
Com shows de equilibrismo, pirofagia, contorcionismo, malabarismo e acrobacias de solo, a montagem do espetáculo conta com figurinos e maquiagens que encantam a platéia. São 17 atores em cena, revezando em várias técnicas numa apresentação de 75 minutos.

Exposição:
Mantos Cerimoniais - Vestuário - De 24/09 a 11/10 - De seg a sex - das 9h às 21h - no Espaço Cultural Governador Celso Ramos, Avenida Hercilio Luz - 617 - Centro - Fone: 3221-8000. É grátis!!!
A artista Dircéia Blinder expõe mantos inspirados em temas que vão desde a cultura africana, até a Cinderela do conto de fadas.
Há três anos Dircéia trabalha nas peças da exposição. A artista acredita que os mantos foram as primeiras peças de roupa usadas pelo homem primitivo. Além de criar peças de roupas temáticas, Dircéia Binder faz um levantamento teórico para cada manto.

Mostra Fotográfica Rudi Bodanese - Florianópolis: Universo de muitos mundos - De 14/09 a 04/10 - De seg a dom - Horário: seg a sex, das 11h30 às 22h e sab e dom, das 16h às 22h - no Café das Artes, Rua Esteves Júnior - 734 - Centro - Fone: 3322-0690. É grátis!!!
O fotógrafo Rudi Bonadese mostra, por intermédio de seu trabalho, uma Florianópolis que expressa a vida com ares de arte, virtudes que estão à disposição de todos os que queiram empreender esforços para ver e sentir.
Segundo Bonadese, a fotografia serve para eternizar cada instante, a serviço de todas as profissões e de todas as emoções.


FORTALEZA:

Ópera:
Sonhos Tropicais: O Theatro José de Alencar recebe neste fim de semana a ópera carioca O Cientista, que retrata a trajetória do sanitarista Oswaldo Cruz, pioneiro no estudo das moléstias tropicais e da medicina experimental no Brasil. O espetáculo estreou em 2006 no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Dia 28/09 e 29/09, às 20 horas e dia 30/09 às 19 h - no palco principal do Theatro José de Alencar (Praça José de Alencar, s/nº - Centro). Preços: sexta e sábado: R$ 15 (estudante) e R$ 30 (inteira). Domingo: entrada franca dentro do projeto Domingueira no Theatro. A ópera é patrocinada pela Petrobras com apoios da Fundação Oswaldo Cruz e do Governo Estado através da Secretária de Cultura na temporada em Fortaleza. Informações: (85) 3101.2567 / 3101.2603.

CROCOBEACH - Caranguejada a partir das 20h e show com as bandas Área de Serviço, Dona Zefa e Tony Veras e banda, na barraca Crocobeach (av. Zezé Diogo, 3125 - Praia do Futuro). Couvert: R$ 4,00. No Espaço Vip, tem música com a banda Free Hall e show humorístico com Aurineide Camurupim e Raimundinha. Couvert: R$ 10,00. Info.: 3265.6667 ou 3234.0370.

BAR DO PAPAI - Show de bossa nova e MPB a partir das 21h com Ciribáh Soares e trio, no Bar do Papai (rua Monsenhor Bruno, 1386 - Papicu). Couvert: R$ 3,00. Info.: 3264.3495.

DEGUSTI - Toda quinta, show de rock e pop internacional com a banda Drive-In, às 21h30, no restaurante Degusti (rua Vilebaldo Aguiar, 352 - Papicu). Couvert: R$ 3,00. Info.: 3262.1719.

FESTA FAFI BAR & RESTÔ - DJ Rodrigo Fuser toca som brasileiro no Fafi Bar & Restô (rua Norvinda Pires, 55 - Aldeota), a partir das 22h. Couvert: R$ 2,50. Info.: 3261.3049 ou 992.8532.


NATAL:

Cantinho do Conto: Mais uma vez, um história da escritora Ruth Rocha vai encantar o público infantil da AS Livros, no Cantinho do Conto deste sábado. Desta vez, as personagens Teresinha e Gabriela entrarão no mundo da imaginação das crianças.As contadoras de histórias Valéria Lígia e Louise Marinho farão uma interação com público, e além de entrarem na história, as crianças também participarão de uma sessão de arte.
O Cantinho do Conto é um evento gratuito, que acontece a cada 15 dias, sempre aos sábados, às 16h, na AS Livros.
Dia 29/09, às 16 horas - na AS Livros, Avenida Salgado Filho, 2850. Mais informações pelo telefone 3206 9099.

A Pequena Sereia: Grande sucesso de público, o espetáculo A Pequena Sereia volta a Natal. A adaptação de um dos mais belos clássicos infantis será apresentada nesse domingo, dia 30/09, a partir das 17h, no Teatro Alberto Maranhão.
A Pequena Sereia conta a história de Ariel, que se apaixona pelo príncipe Eric. Para poder viver com seu amado, Ariel faz um terrível acordo com Úrsula, a Bruxa do Mar, que pode torná-la humana, mas por um preço terrível: a voz da sereia. Sua busca pelo verdadeiro amor vira uma emocionante corrida contra o tempo, na qual Ariel somente poderá contar com a ajuda de seus amigos, os seres do mar.

Forró Boca da Noite:Para quem ainda não conhece o novo Mercado Petrópolis, taí uma ótima oportunidade: todas as sextas, a partir das 18h, o local, que foi reformado e conta com várias galerias de arte, é invadido pelo autêntico forró pé de serra, aquele da sanfona, do triângulo e da zabumba. É o arrasta-pé mais charmoso de Natal!
O Mercado fica no início da av. Hermes da Fonseca, e a entrada é gratuita.

Praia Shopping Musical: O Praia Shopping continua com a boa música potiguar diária e gratuitamente em sua praça de alimentação. Quinta, às 21h, o grupo Fé e Raiz apresenta o show "Eu sou o samba" a partir das 21h. Na sexta é a vez de Isac Galvão cantar "Acústico", no mesmo horário. Em seguida, Wendell Martins e Lavú cantam “Tributo a Ney Matogrosso e a Maria Bethanea”. No sábado o GMP Trio vai de “Clássicos da Música Romântica”, enquanto a atração do domingo é o grupo instrumental Mandumblá, a partir das 20h.


PORTO ALEGRE:

Chimarruts ao Vivo - banda de reggae faz show dia 29/09, às 20:00 horas - no Salão de Atos da PUCRS, Av. Ipiranga - 6.681 - Partenon -Fone: 3320-3500 - ramal 4025. É grátis!!!

Fundo de Quintal - Pela Hora - grupo de samba faz show dia 30/09, às 19h - no Teatro do SESI, Av. Assis Brasil - 8.787 - Sarandi - Fone: 3347-8706.

Madeleine Peyroux - Half the Perfect World - cantora de jazz fas show dia 28/09, às 21:00 horas - no Teatro do Bourbon Country, Av. Túlio de Rose - 100 - Passo D'Areia.

Teatro Infantil:
A Casa das Quatro Luas - De 29/09 a 28/10 - Sab e Dom, às 16h - no Teatro Renascença, Av. Érico Veríssimo - 307 - Menino Deus -Fone: 3221-6622.
Uma turma de amigos resolve explorar a velha casa abandonada dos bisavós e encontram um mapa com um mistério a ser desvendado e um tesouro a ser descoberto que se revela, ao final, repleto de antigos objetos de família, gastos pelo tempo, mas carregados de lembranças e significados.
A montagem é uma adaptação da primeira incursão na literatura infantil, homônima, de Josué Guimarães (1921-1986). O autor lançou na década de 70 os dois primeiros volumes da trilogia, que ficou incompleta, A Ferro e Fogo, que trata do início do povoamento do Estado, mas está carregado de um espírito de análise, denúncia e defesa do homem em si, inseridos no contexto sócio-cultural em que foi escrito. As narrativas infantis de Guimarães exploram amplamente o imaginário, recorrendo à fantasia ou invenção como forma de explicar o ainda não compreensível do ponto de vista do personagem e do leitor, estimulando a reflexão sobre a realidade que o circunda.

Exposição:
Gráfica Gaúcha - A Gravura Artística no Rio Grande do Sul - 1910 a 1980 - Gravuras: De 27/09 a 14/12 - De ter a sab - Horário: ter a sex, das 10h às 19h; sab, das 11h às 18h - no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, R. dos Andradas - 1.223 - Centro - Fone: 3228-9710 / 3226-7974 / 3226-5342. É grátis!!!
A exposição destaca e valoriza a importância da arte gaúcha de gravar no papel, principalmente no século XX, na construção da identidade artística do Estado. As obras foram selecionadas em acervos públicos (museus e associações) e privados (galerias e colecionadores).
Cerca de 60 gravuras traçam a evolução histórica da gravura gaúcha, desde seu surgimento como meio de expressão artística até os ano 80. Nomes de expressão como Pedro Weingärtner, Edgar Koetz, Carlos Mancuso (foto), Vasco Prado, Xico Stockinger, Carlos Scliar, Danúbio Gonçalves e Iberê Camargo, entre outros, estão representados, bem como todas as técnicas de gravura praticadas nesse período.


RECIFE:

QUADRINHOS E HUMO: Em sua 9º edição o Festival Internacional de Humor e Quadrinhos de Pernambuco homenageia o cartunista pernambucano Romildo Araújo Lima, mais conhecido como RAL, que ganha uma exposição retrospectiva. Este ano, algumas oficinas vão acontecer em escolas da rede pública de ensino. Além da mostra competitiva, os convidados do festival mostram seus trabalhos em exposições e conversam com o público em debates e oficinas. Uma exposição coletiva vai reunir trabalhos de artistas de países da América do Sul e do México.
De 16/09 a 07/10/2007 na Torre Malakoff, Rua do Bom Jesus, Recife Antigo fone: 3424 8704.

Teatro:
SONHO DE PRIMAVERA: Musical infanto-juvenil, com texto de Moisés Neto e Rosália Calsavara. O espetáculo narra as aventuras da sonhadora Ariana e de Ágata, sua amiga materialista, no universo mágico da natureza. Com figurino multicolorido, a peça expõe o tema da ecologia, de forma dinâmica. Produção do palhaço Chocolate. De 02 a 30/09/2007, às 10h - no Teatro do Parque, Rua do Hospício 81, Boa Vista Fone: 3232-1553.

TEATRO INFANTIL: A Refinaria Multicultural do Sítio da Trindade promove todos os domingos apresentações de teatro infantil. Programação:
02/09: O casamento de Dona Baratinha
09/09: Tudo começou assim
16/09: João e Maria
23/09: A Cigarra e a Formiga
30/09: Pernambuco de todos os ritmos

De 02 a 30/09/2007, às 16h. É grátis. Na Refinaria Multicultural do Sítio da Trindade, Estrada do Arraial, 3259, Casa Amarela.

CHAPEUZINHO VERMELHO: Clássico de Charles Perrault, que continua encantando crianças e adultos do mundo inteiro. De 08 a 30/09, às16h30 - no Teatro do Parque, Endereço: Rua do Hospício 81, Boa Vista Fone: 3232-1553.

LIÇÃO DE BOTÂNICA: O espetáculo antecipa as comemorações do centenário da morte de Machado de Assis, que se dará em 2008. Em Lição de Botânica, percebe-se a atualidade da obra do maior nome da literatura brasileira. O enredo trata da natureza humana através de um embate entre a ciência e o amor. A montagem não economiza no humor elegante. De 08 a 30/09 - sáb e dom, às 20h - no Teatro Apolo, Rua do Apolo 121, Bairro do Recife3224 1114.

DOBRADINHA DA COMÉDIA: A Trupe do Barulho, a mais respeitada companhia de comédia de Pernambuco, com 16 anos de atuação no Nordeste brasileiro, retoma um dos seus maiores sucessos, As Malditas e faz uma dobradinha do humor com As Criadas Mal Criadas, que em apenas um ano e meio de temporada já conseguiu atrair cerca de 60 mil espectadores. As Malditas - É um texto de Luiz de Lima Navarro que conta a história de três irmãs solteironas moradoras de um prédio abandonado do centro da cidade. Quando uma delas consegue se casar com um kombeiro, as outras duas armam as mais abusadas situações para impedir o casório. As Criadas Mal Criadas - De Luiz Lima Navarro, é inspirado no texto de Jean Genet, com direção de Manoel Constantino. A peça trata da estória da Madame e suas duas criadas, Solange e Clair. Nessa trama, Madame, rica e poderosa, concorre ao título de Miss Traveca 2007, levando suas criadas a planejarem todo tipo de coisas para impedir o apogeu da patroa.

As Malditas – sábados 18h30 e domingos 18h
As Criadas Mal Criadas – sábados 21h e domingos 20h
De 08 a 30/09 - no Theatro Armazém, Armazém 14 Bairro do Recife3424 5613.

A REVOLTA DAS CHUPETAS: Dirigido por Sebastião Simão, o espetáculo infantil conta a estória de Teleco, um menino dentuço e tímido que passa a maior parte do tempo no seu quarto inventando brinquedos e geringonças. Ele cria Robox para ser seu amigo, um robô incrível. A mãe de Teleco esta organizando uma campanha contra o uso de chupetas e mamadeiras, diminuindo assim as vendas e produção desses produtos na fábrica do Rei Lata, que fica furioso e manda seus agentes secretos (entre eles a Bruxa Chupeta e o ninja Fu-chô, que se transforma em dragão-ninja) acabarem com essa campanha. Tel. 3224 6803.
De 08 a 29/09 - sáb, às 16h30 - no Canal das Artes, Rua Vigário Tenório, 117, Recife Antigo (em frente ao Pró-criança).

TEATRO DE BONECOS: A oficina de bonecos Gato no Telhado tem como proposta integrar as diversas formas artísticas e estéticas que compreendem o teatro de formas animadas. O espaço apresenta duas peças, sempre aos domingos: O amigo da onça Tudo começa numa floresta, quando um lenhador expulsa um passarinho de sua árvore. A ave resiste, mas acaba na rua, despejada. O homem acaba sendo surpreendido por uma onça brincalhona, que atrapalha seus planos. Brincando de Bonecos O espetáculo, que visa a incentivar a criatividade e estimular a capacidade narrativa, é composto por cinco quadros com bonecos diferentes. Tel. 9205 5270.
De 09 a 30/09 -dom, às 17h - na Oficina de Bonecos Gato no Telhado, Rua João Lapa, 136, Varadouro - Olinda (próximo ao Mercado Eufrásio).


RIO DE JANEIRO:

Fagner - cantor faz shows de 29/09 a 30/09 - Horário: sab, às 22h; dom, às 20h30 - no Canecão, Av. Venceslau Brás - 215 - Botafogo - Fone: 2105-2000.

Nando Reis - cantor faz show dia 28/09, às 22:00 horas - no Circo Voador, R. dos Arcos - s/n° - Lapa.

Orquestra Imperial - grupo de MPB faz show dia 28/09, às 22h - no Canecão, Av. Venceslau Brás - 215 -Botafogo.

6ª Sinfonia de Gustav Mahler - Instrumental: Dia 29/09, às 16h - no Theatro Municipal, Pça. Floriano - s/nº -Cinelândia - Fone: 2262-3935.
A Orquestra Petrobras Sinfônica, que desde 2005 vem trazendo ao público as sinfonias de Mahler, um ciclo que chegará à temporada de 2008, tem agora a apresentação da 6ª Sinfonia do compositor alemão. A regência fica a cargo do maestro titular da Orquestra, Isaac Karabtchevsky, o idealizador do Ciclo.
A sinfonia, escrita entre 1903 e 1907, é conhecida como a Trágica e considerada uma das obras mais densas e escuras, repleta de dissolução, enganosas melodias românticas e profundidade dramática de Gustav Mahler (1860-1911).

Exposição:
Corpos Líquidos - Fotografia: De 29/09 a 17/11 - De ter a sab - Horário: seg a sex, das 10h às 21h30; sab, das 10h às 17h30 - no Ateliê da Imagem Espaço Cultural, Avenida Pasteur - 453 - Urca - Fone: 2541-3314. É grátis!!!
A exposição dos trabalhos da fotógrafa italiana Fabian, com 25 fotografias inéditas, impressas diretamente na madeira, tecido de algodão e papel fotográfico, cuja temática é a união da fotografia com a dança.
Nascida em Montecchio Emilia (Italia), em 1965, iniciou sua carreira de fotógrafa no setor da moda em Milão em 1992. Colabora frequentemente com diversas revistas, entre elas, Anna, Grazia, Vogue Pelle, Vogue Gioiello, GQ, entre outras. Desde 2000, suas obras vêm percorrendo o mundo. Já expôs em galerias e instituições da Itália, Londres, Japão e Rio de Janeiro.

José Oiticica Filho: Fotografia e Invenção - Fotografia: De 16/09 a 15/03 - De ter à dom -Horário: ter a sex, das 11h às 19h; sab e dom, das 11h às 17h - no Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, Rua Luis de Camões - 68 - Centro. É grátis!!!
Sob curadoria dos filhos César e Cláudio e do neto César Oiticica Filho, a exposição faz uma retrospectiva de José Oiticica Filho (1906-1964), pai do artista plástico Hélio Oiticica.
Não se conta a história da fotografia brasileira sem incluir José Oiticica Filho, também professor de matemática e física, cientista e engenheiro. Ele começou a se interessar por fotografia em 1941, quando se dedicou a registrar estruturas seccionadas de borboletas com perfeição para ilustrar sua produção científica. Ele também foi responsável pelo rompimento da linguagem visual da fotografia nos anos 50, momento em que ela se livra do compromisso de documentar a realidade e progride em ousadias geométricas e jogos de luz e sombra.
A mostra traz 158 fotografias, abrangendo da fase pictórica às séries Forma, Ouropretense, Derivação, Abstração e Recriação, 20 pinturas e cerca de 20 vitrines com catálogos de salões do mundo todo, dos quais o fotógrafo participou; negativos; moldes para fotografias, pequenos desenhos, apostilas de matemática, trabalhos de entomologia e cartões dobráveis com desenhos, recortes e colagens.


SALVADOR:

Zé Ramalho - cantor faz show dia 29/09, às 18:30 horas - no Teatro Castro Alves, Pça. Dois de Julho - s/n - Campo Grande.

Exposição:
Mar de Alma - Fotografia: De 28/09 a 04/11 - De Seg à Dom - Horário: seg a sex, das 9h às 21h, sab e dom e feriados, das 14h às 21h - na Galeria Pierre Verger, R. General Labatut - 27 Barris. É grátis!!!
A exposição, do fotógrafo Péricles Mendes, traz como tema a poética dos pescadores de Itapuã e a relação harmoniosa e respeitosa dos pescadores com o mar.
Morador de Itapuã desde o nascimento, há 31 anos, o artista iniciou o trabalho documental em 2006, buscando traduzir nas imagens sua relação amorosa com o mar, construída desde a infância e apresenta nesta exposição 17 imagens coloridas, em tamanhos variados.

Poética - Fotografia: De 21/09 a 21/10 - De Ter à Dom - Horário: ter a sex, das 10h às 18h; sab e dom, das 13h às 17h - na Galeria Solar Ferrão, Rua Gregório de Mattos - 45 - Pelourinho -Fone: 3117-6380. É grátis!!!
A exposição, do fotógrafo espanhol Chema Madoz, traz 60 fotografias em preto e branco, produzidas entre 2000 e 2005, nas quais o fotógrafo cria metáforas e jogos visuais a partir de objetos cotidianos.
Chema Madoz constrói sua própria linguagem plástica e aborda o objeto de três maneiras: o objeto encontrado, sem alterar, o objeto manipulado, o objeto inventado e o construído por ele mesmo em seu estúdio. O trabalho do fotógrafo espanhol transmite o conceito de que toda matérias está cheia de sentido e seu lugar no mundo lhe dá significado.
A carreira do artista foi inicada com a retratação da figura humana, passando depois, a partir de 1990, para objetos do cotidiano. O fotógrafo recebeu diversas premiações, como o Prêmio Kodak Espanã 1991 e o Prêmio Nacional de Fotografia do Ministério de Cultura da Espanha em 2000.


SÃO PAULO:

Alex Buck: Dia 30/09, às 11:00 horas – no Museu da Casa Brasileira – Terraço, Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.705. É grátis!!!
músico se divide entre a bateria e o piano no show “Irmãos de Som”, em que mostra suas criações de base jazzística. Um time de seis músicos o acompanham no palco.

Os Cariocas: banda de bossa nova faz show dias 28 e 29/09, às 22:00 horas, no Tom Jazz, Av. Angélica, 2.331.

Daniela Mercury e Orquestra Citroën: a cantora faz show acompanhada pela orquestra do maestro Julio Medaglia no evento “Acorde para o Meio Ambiente”.
Dia 30/09, às 11:30 horas, no Clube Hípico de Santo Amaro, R. Visconde de Taunay, 508. É grátis!!!

Max de Castro e Wilson Simoninha: cantores cantam juntos na promoção de uma rádio. Dia 30/09, às 12:00 horas, no Shopping Metrô Tatuapé – Praça de Eventos, Av. Radial Leste, metrô Tatuapé. É grátis!!!

Pato Fu e Trash Pour 4: a banda mineira Pato Fu divulga o novo Cd, enquanto o quarteto paulista Trash Pour 4 faz releituras bem-humoradas de sucessos de outras épocas como “Like a Virgin”, de Madonna. Dia 30/09, às 12:30, no Shopping Anália Franca – Praça de Eventos, Av. Regente Feijó, 1.739. É grátis!!!! (o shopping pede a doação de 1 Kg de alimento não perecível)

Pepeu Gomes: cantor faz show dias 29/09, às 21:00 horas e dia 30/09 às 20:00 horas, no Sesc Santana – Teatro, Av. Luiz Dumont Villares, 579.

Renato Teixeira: cantor faz show ao lado dos filhos, dia 29/09, às 22:00 horas, no Citibank Hall, Av. Jamaris, 213.

Toquinho, MPB4 e Grupo Sinfônico Arte Viva: fazem show dia 28/09, às 22:00 horas, na Via Funchal, R. Funchal, 65.

Vânia Abreu: cantora de MPB faz show dias 29/09 às 21:00 horas e 30/09 às 18:00 horas, no Sesc Pinheiros – Teatro, R. Paes Leme, 195.

Harmoniemusik – clássica: o conjunto de sopros se dedica a resgatar a sonoridade da música do século 18 utilizando instrumentos de época. Nesta apresentação, interpretam composições de Haendel, Johann Christian Bach, Franz Krommer e Mozart.
Dia 30/09, às 11:30 horas, no CCSP – Sala Jardel Filho, R. Vergueiro, 1.000. É grátis!!!

Teatro Infantil:
O Dia das Crianças - De 29/09 a 25/11 - Sab e Dom, às 16h - no Teatro Bibi Ferreira, Av. Brigadeiro Luís Antônio - 931 - Bela Vista - Fone: 3105-3129.
O espetáculo fala de um reini não muito distante, onde já não existem mais crianças. O rei deste lugar recebe uma carta do rei de um outro país dizendo que as suas crianças irão visitá-los. Mas como ali não existem mais crianças, eles não sabem como recepcioná-las. O rei promove um concurso de atrações para que possam animar as crianças que estão a caminho. Nessa parte, a platéia participa ajudando a escolher, através de palmas ou vaias, os melhores números.

Peter Pan e Wendy - De 29/09 a 16/12 - Sab e Dom, às 17h30 - no Teatro Alfa, Rua Bento Branco de Andrade Filho - 722 - Santo Amaro.
No espetáculo, que é uma livre adapatação do livro Peter Pan e Wendy, de JM. Barrie, a história é adaptada à atualidade. A montagem é baseada no teatro físico e tem como característicaa desconstrução daquilo que é pré-concebido. A peça é concebida pela Cia. Le Plat du Jour que desenvolve linguagem cômica, mais especificamente ligada ao palhaço.

Encantos e Desencontros da Cumadre Fulosinha - De 16/09 a 30/09 - Domingos, às 16h30 - no Sesc Vila Mariana, R. Pelotas - 141 - Vila Mariana. É grátis!!!
O espetáculo do grupo Babado de Chita mostra a cultura popular brasileira por meio de música ao vivo e dança e da cenografia. Inspirada em uma lenda surgida em Pernambuco, a peça conta a história da Cumadre Fulozinha, uma assombração com a missão de proteger as florestas.

Histórias Contadas - De 08/09 a 29/09 - Sábados, às 16h - no Sesc Santana, Av. Luiz Dumont Vilares - 579 - Santana. É grátis!!!
O projeto explora a dramaturgia universal infantil, apresentando, todos os sábados de setembro, contações de histórias para crianças. Na programação estão Os Cisnes Selvagens, com a Cia. O Teatro de Areia (dia 08/09); Polegarzinha, com a Cia. Ateliê Teatro (dia 15/09); A Roupa Nova do Rei, com a Cia. O Teatro de Areia (dia 22/09); e O Rouxinol, Cia. Ateliê Teatro (dia 29/09). Para os pais interessados em contar histórias para os filhos, são oferecidas ofecinas de contação de histórias, ministradas pela atriz Ana Luiza Lacombe.

Lembranças e Memórias - De 15/09 a 30/09 - Sab e Dom, às 15h - no Sesc Vila Mariana, R. Pelotas - 141 - Vila Mariana. É grátis!!!
Da Cia. Sábias Cenas, o espetáculo, uma contação de história, narra as lembranças e memórias de Machado de Assis passando pelos momentos mais importantes da inusitada vida do escritor: as aventuras como sacristão, o esforço como aluno, a perda da mãe aos dez anos, o primeiro emprego e como começou a escrever.
A cada final de semana, a Cia. Sábias Cenas conta um pouco da história de algum livro do escritor. Nos dias 15/09 e 16/09, conta um pouco do livro Memórias Póstumas de Brás Cubas; nos dias 22/09 e 23/09, é a vez de Dom Casmurro e em 29/09 e 30/09, Quincas Borba.

O Baú do João Cabral e do Miró - Infanto-juvenil: De 08/09 a 29/09 - Sábados, às 15h - no MASP (Museu de Arte de São Paulo), Av. Paulista - 1.578 - Cerqueira Cézar.
A peça, do grupo Cubo, conta um pouco sobre a trajetória de Miró, por meio do cotidiano de um grupo de estudantes de artes, dando enfoque à amizade com o poeta brasileiro João Cabral (que foi cônsul do Brasil em Barcelona) ao mostrar como este encontro foi enriquecedor para a obra de ambos os artistas.

Quem Não Dança Balança a Criança - De 01/09 a 29/09 - Sábados, às 11h - no Teatro Anchieta - Sesc Consolação, R. Dr. Vila Nova - 245 - Vila Buarque. É grátis!!!
Do grupo Cuidado que Mancha, o espetáculo conta com músicas e brincadeiras que envolvem a platéia por meio de coreografias e trava-línguas. A canções são, em parte, de autoria do grupo e, em parte, músicas de domínio público, como A Velha a Fiar, que ganhou arranjos originais.

A Arca de Noé: Os bichos cantam e aprontam confusões nesta versão da história. Recomendação a partir de 2 anos.
Até 28/10, sáb e dom, às 16:00 horas, no Teatro União Cultural, R. Mário Amaral, 209.

O Macaco e a Boneca de Piche: uma velhinha faz loucuras por um cacho de bananas, até que um dia um macaco resolve comer suas frutas. Sáb às 13:30 e dom às 12:00 horas, no Sesc Pompéia, R. Clélia, 93.

Villa Lobos e as Cantigas para crianças: atores brincam de roda, cantam, dançam e tocam canções que foram orquestradas por Villa-Lobos, como “Cai, Cai, Balão” e “O Cravo e Rosa”.Recomendação a partir de 2 anos. Sáb e Dom, às 17:30 horas, no Spaço dos Insights, R. Pintassilgo, 405.

Bonecos, Ritmos & Música: Clarisvaldo, pescador e contador de “causos”, fica assustado ao conhecer a vida na cidade grande. Cia Bonecos Urbanos. Recomendação a partir de 3 anos. Dias 30/09 e 07/10, às 11:00 e 15:00 horas, no Sesc Pinheiros, R. Paes Leme, 195.

Auto da Infância: Biel sonha que seus pais se trasnformaram em um ogro e uma bruxa. Assustado, o garoto sai em busca dos pais verdadeiros e enfrenta a fome, a solidão e os mortos. Recomendação a partir de 5 anos. Até 28/10, sáb e dom, às 16:00 horas, no Teatro Aliança Francesa, R. General Jardim, 182.

O Baú da Inspiração Perdida: as aventuras de quatro crianças perdidas dentro de um livro. Recomendação a partir de 6 anos. Até 28/10, dom às 16:00 horas, no Teatro Fábrica, R. da Consolação, 1.623.

Bicho do Brasil: a fauna do País por meio de bonecos, música e dança. Recomendação livre. Até 28/10, sáb e dom, às 16:00 horas, no Tucarena, R. Monte Alegre, 1.024.

Festival de Teatro de Bonecos: sob a supervisão da Cia. Truks, o Festival apresenta um espetáculo diferente em cada edição. Nesta semana, “Espelho da Águas”, da Cia Atores Invisíveis. Dia 30/09, às 11:00 horas, na Biblioteca Monteiro Lobato, R. General Jardim, 485. É grátis!!!

A Outra Caixa de Pandora: uma menina perde a capacidade de aprender e recebe a ajuda dos deuses pra resgatar sua sabedoria. Recomendação a partir de 4 anos. Até 04/11, sáb às 16:00 horas e dom às 15:30, no Espaço Cultural Juca Chaves – Hipermercado Extra, R. João Cachoeira, 899.

Panos e Lendas: a criação do mundo mesclando personagens, crenças brasileiras a canções ao vivo. Recomendação a partir de 3 anos. Até 17/11, domingos às 11:00 horas, no Teatro Ruth Escobar, R. dos Ingleses, 209.

Um Ratinho e a Lua: apaixonado, um ratinho enfrenta vários obstáculos para chegar até sua amada, a Lua. Recomendação a partir de 4 anos. Até 14/10, domingos às 15:30, no Sesc Vila Mariana – auditório, R. Pelotas, 141.

Os Saltimbancos: as aventuras de um jumento, um cachorro, uma galinha e uma gata que fogem de seus patrões para formar uma banda na cidade. Recomendação a partir de 2 anos. Até 16/12, sáb e dom às 16:00 horas, no Teatro Ruth Escobar – Sala Dina Sfat, R. dos Ingleses, 209.

A Saga da Bruxa Morgana e o Enigma do Tempo: Medíucrus rouba virtudes de deuses gregos e torna-se o controlador do tempo. Bruxa Morgana precisa encontrar o vilão e recuperar os objetos roubados. Recomendação a partir de 3 anos. Até 02/12, sáb e dom às 16:00 horas, no Teatro Eva Hers, Av. Paulista, 2.073 – Conjunto Nacional.

Cinema:
Sessão Pirueta: nesta semana, Planeta do Tesouro (2002), em DVD, dublado. Após sessão, as crianças participam de oficina de artes sobre o tema exibido. Dia 29/09, às 15:00 horas, no MIS – Sala Multimídia, Av. Europa, 15. É grátis!!!

Contação de Histórias:
O Chá na Chaleira: evento baseado no livro homônimo de Lu Martinez, que conta a história de três amigas (Dona Lagartixa, Dona Abelha e Borboleta) que organizam um piquenique. Dia 29/09, às 11:00 horas, na Livraria Sobrado, Av. Moema, 5052. É grátis!!!

O Rouxinol: o conto será apresentado pela Cia. Ateliê de Teatro e integra o projeto “Histórias Contadas”. Dia 29/09, às 16:00 horas, no Sesc Santana, Av. Luiz Dumont Villares, 579. É grátis!!!

Sipurim: nesta semana, Norma Gabriel conta “Quase Verdade”, de Clarice Lispector. Recomendação a partir de 3 anos. Dia 30/09, às 11:00 horas, no Centro de Cultura Judaica, R. Oscar Freire, 2.500. É grátis (retirar ingresso 1 hora antes) !!!

Exposição:
Mostra de Automóveis Antigos - Variados: Dia 30/09 - das 10h às 16h - no Memorial Da América Latina, Av. Auro Soares de Moura Andrade - 644 - Barra Funda. É grátis!!!
A exposição reúne cerca de 300 carros antigos, entre os quais, modelos como Ford 29, Cadillac, Corvette, Porsche Spyder, Veraneio, Chevrolet C10, SP2 e Willys Interlagos. São exemplares nacionais e importados, conversíveis e fechados, de 1910 a 1980. Além da exposição, há um mercado de pulgas (feira de peças) e uma praça de alimentação.

Santeiros e Entalhes - Escultura: De 28/09 a 07/10 - De Seg à Dom - das 15h às 21h - na Catedral de São Miguel Arcanjo, Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra - s/nº - Centro de São Miguel Paulista. É grátis!!!
A exposição reúne 60 esculturas em madeira, em estilo barroco, resultado do trabalhos dos 37 alunos do curso Santeiros e Entalhes, promovido pela Fundação Tide Setubal sob orientação do mestre santeiro José das Mercês Paiva, o Mestre Paiva, especialista em escultura religiosa católica e entalhes em estilo barroco.

Fotobiografia de Suassuna - Fotografia: De 18/09 a 30/09 - De Ter à Dom - das 9h às 18h - no Memorial da América Latina - Aud. Simón Bolívar, Av. Auro Soares de Moura Andrade - 664 - Barra Funda. É grátis!!!
Com curadoria de Anselmo Maciel a exposição apresenta mais de uma centena de fotos do escritor Ariano Suassuna, desde a primeira infância até os dias atuais. Na mostra, o visitante pode conhecer, além de episódios da história pessoal de Suassuna, boa parte de sua trajetória intelectual e literária, a partir de fotos inéditas do autor com alguns dos seus grandes amigos, como José Cândido de Carvalho, João Cabral de Melo Neto, Rachel de Queiroz, Paulo Freire, entre outros. A exposição faz parte do projeto Ariano Suassuna, 80 anos - O Local e o Universal.

Bonde de São Paulo: A Fundação Patrimônio Histórico da Energia e Saneamento expõe 34 fotos da São Paulo das primeira décadas do século 20.
Até 28/11, de segunda a sexta, das 10:00 às 17:00 horas, no Museu de Energia de São Paulo, Av. Cleveland, 601. É grátis!!!

A Arte Moderna Pelo Olhar de Mário de Andrade: obras que pertenceram ao escritor e que fazem parte do Instituto de Estudos Brasileiros da USP foram selecionadas para esta exposição. Entre elas estão trabalhos de modernistas como Anita Malfatti, Tarsila do Amaral e Portinari.
Até 12/12, de segunda a sexta, das 9:00 às 18:00 horas, na Cidade Universitária, Av. Prof. Mello Moraes, travessa 8, 140. É grátis!!!

Missão Artística Francesa - Coleção Museu Nacional de Belas Artes - Pintura: De 18/08 a 30/09 - De Ter à Dom - Horário: ter a dom, das 10h às 18h - na Pinacoteca do Estado de São Paulo, Praça. da Luz - 02 - Luz.
A exposição traz um total de 75 obras, entre pinturas, esculturas, desenhos, gravuras e relevos, de artistas que faziam parte da missão francesa que constituiu a primeira geração de mestres da Academia Imperial de Belas Artes, primeira instituição oficial de ensino de artes no Brasil, inaugurada em 1816. Na mostra, há obras de Nicolas Antoine Taunay (foto), Jean Baptiste Debret, Auguste Henri Victor Grandjean de Montingy, Auguste Marie Taunay, Charles Simon Pradier e Zépherin e Marc Ferrez, entre outros, todas provenientes do acervo do Museu Nacional de Belas Artes, do Rio de Janeiro.

Eventos:
Brincadeiras com a Turma do Pooh: a partir de 29/09, Horta do Abel, Pula-pula do Tigrão, Sala do Confeito e Árvore do Pooh. Até 14/10 das 10:00 às 22:00 hora e domingos das 14:00 às 20:00 horas, no Morumbi Shooping – Espaço Arte, Av. Roque Petroni Jr, 1.089. É grátis!!!
Brincando no Pólo Ártico: oficinas com materiais reciclados, além de brincadeiras, em um espaço com pingüins e ursos polares. Até 14/10, das 11:00 às 21:00 horas e domingo e feriados, das 14:00 às 20:00 horas, no Shopping Metrópole, Pça Samuel Sabatini, 200. É grátis!!!

Cantando Estórias com Celelê e Relalá: conceitos básicos de cidadania e de ecologia por meio de muita música. Recomendação a partir de 2 anos. Até 25/11, domingos às 16:00 horas, no MIS, Av. Europa, 158.

Semana da Arte pela Paz: além de visitar exposições e assistir a peças de teatros e shows, adultos e crianças podem participar de oficinas de origami no Centro de Cultura Judaica, no dia 30/09, às 10:00 e 15:30. Até 30/10, das 10:00 às 21:00 horas, sáb e feriados das 14:00 às 19:00 horas e dom das 11:00 às 19:00 horas - na R. Oscar Freire, 2.500. Entrada 1 Kg de alimento.

34ª. San Gennaro: a festa italiana que homenageia o padroeiro da Mooca tem 22 barracas de pratos típicos. Dentro do restaurante, o público pagante tem direito a refeição, além de poder assistir a shows. Até 20/10, sáb das 18:00 à meia noite e dom das 18:00 às 23:30 – Ruas San Gennaro e Lins.

5º. Festival de Flores e Plantas de Embu das Artes: além de comprar orquídeas e mudas de árvores, o público também aprende a fazer arranjos nas oficinas de ikebana do festival. O evento terá outras atividades culturais, como apresentações de circo, amanhã (29), às 13:00 horas e da Orquestra Berimbau, domingo às 11:00 horas – no Parque do Lago Francisco Rizzo, R. Alberto Giosa, 320. É grátis!!!

Festa do Verde: a 29ª. Edição da festa terá. Dia 30/09, show dos cantores Jair Rodrigues, Luciana Melo e Jair Oliveira, às 15:00 horas, além de apresentação de danças folclóricas. Dia 29/09 sertanejos cantam e orientais batem tambor na performance de taikô. Dia 29/09, das 10:00 às 18:00 hora e domingo das 9:00 às 17:00 horas – na Rod. Pres. Dutra, Km 206, Trav. Hideharu Yamazaki, s/no. (transporte grátis da R. da Glória, 332, Liberdade, dia 29/09 da 9:00 às 13:00 horas e dia 30/09, das 7:00 ás 12:00 horas).

Os 80 de Suassuna: nos últimos dias das homenagens ao escritor, o Memorial da América Latina promove palestras sobre a literatura do sertão, dia 28/09, às 19:30 horas.
Dias 29 e 30/09, haverá sessões de filmes inspirados nas obras de Suassuna. O encerramento terá show de Antônio Nóbrega e Quarteto, dia 30/09, às 20:30 horas.
No Centro Cultural São Paulo, tem leitura do texto “A história do amor de Romeu e Juleita”, dias 29 e 30/09, às15:00 horas. No Memorial da América Latina, Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 (para o show inscrever-se no site http://www.nossacaixa.combr/) e no CCSP, Rua Vergueiro, 1.000. É grátis!!!!

fonte:www.terra.com.br
http://www.opovo.com.br/opovo/vidaearte/
http://canais.digi.com.br/agenda
http://www.recife.pe.gov.br/agendacultural/
guia do jornal O Estado de São Paulo

Cem Anos de Solidão

Atendendo ao pedido da Babi e da Bina:

*Pegar o livro mais próximo;
*abri-lo na página 161;
*procurar a 5ª frase completa;
*postar a frase no blog;
*não escolher a melhor frase nem o melhor livro;
*e, finalmente, repassar o desafio para cinco blogs.

A frase: "Chegou na calada, sem escolta, embrulhado numa manta apesar do calor, e com três amantes que instalou numa mesma casa, onde passava a maior parte do tempo estendido numa rede."

Essa frase é do livro "Cem Anos de Solidão", de Gabriel Garcia Marquez.
Fazendo como minha amiga blogueira Girassol, estendo o desafio a todos os blogueiros que se interessarem.

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Poesia: JG de Araujo Jorge - Maria Helena



Ballerina II
Joan Miro







Esperança

Não! A gente não morre quando quer,
Inda quando as tristezas nos consomem.
Há sempre luz no olhar de uma mulher
E sangue oculto na intenção de um homem.

Mesmo que o tempo seja apenas dor
E da desilusão se fique prisioneiro.
Vai-se um amor? Depois vem outro amor
Talvez maior do que o primeiro.

Sonho que se afogou na baixa-mar,
De novo há de erguer, cheio de fé,
Que mesmo sem ninguém o suspeitar,
Volta a encher a maré.

Não penses que jamais hás de achar fundo
Nem que entre as tuas mãos não terás outra mão.
Pode a vida matar o sonho e o sol e o mundo,
Mas não nos mata o coração.


Poesia de Maria Helena,– extraído do livro Concerto a 4 mãos - de JG de Araujo Jorge - 1959 )

TRUQUES MASCULINOS



Homens, recebi por e-mail esse manual SUUUUUUPER básico para vocês aprenderem um pouco a lidar com nós, mulheres:
Se você é casado, meu amigo, deve saber que o segredo de tudo, ou quase tudo, está em fazer feliz a sua mulher. Sua mulher estando feliz, sua vida será ótima. Para ajudá-lo nesta tarefa, criamos um simples e descomplicado sistema de pontos. Faça algo que ela gosta e você ganha pontos, do contrário os pontos são subtraídos. (Você não ganha pontos por fazer algo que ela já espera).
Funciona assim:

Tarefas simples:
Você faz a cama (+1)
Você faz a cama mas esquece de trocar as fronhas (0)
Você faz a cama mas esquece de trocar as fronhas e o lençol (-1)
Você deixa a tampa da privada levantada (-5)
Você troca o papel higiênico que acabou (0)
O papel higiênico acabou e você usa o lenço de papel (-1)
Quando acaba o lenço de papel você usa o outro banheiro (-2)
Você vai no mercado só para comprar papel higiênico que acabou (+5)
Na chuva (+8)
Mas retorna com cerveja (-15)
Você arrota na mesa de jantar ou almoço...(-10)
Você levanta de noite pois ela ouviu um barulho estranho (0)
Você levanta de noite mas o barulho não foi nada (0)
Você levanta de noite e o barulho era de um rato (+5)
Você mata o rato (+10)
Não era propriamente um rato, era o hamster de estimação dela (-40)

Social:
Você fica ao lado dela a festa inteira (0)
Você vai beber ao lado dos amigos (-2)
Entre os amigos esta uma mulher chamada Shirley (-4)
Shirley é loira (-16)
Shirley é dançarina e está em grande forma (-80)
Shirley fez implantes (-180)

O aniversário dela:
Você a leva para jantar fora (0)
Você a leva para jantar fora e não é o restaurante de sempre (+1)
É o restaurante de sempre (-2)
É um boteco! (-3)
É um boteco e a TV está mostrando futebol (-10)

Passeios com amigos:
Você sai com um amigo (-5)
O amigo é solteiro (-14)
O amigo é cheio de namoradas (-27)
O amigo dirige um conversível (-80)

Uma noite fora:
Você a leva para o cinema (+2)
Para ver um filme que ela gosta (+4)
Para ver um filme que ela gosta e você odeia (+6)
Você a leva para ver um filme que você gosta (-2)
O filme se chama 'O massacre da serra elétrica III' (-13)
Você mentiu e disse que seria um filme francês de amor (-135)

Grandes questões:
Ela pergunta "Eu estou gorda?" (-1) (é, você perde um ponto de qualquer jeito!)
Você pensa antes de responder (-10)
Você diz que não (-35)
Você diz que gosta dela mesmo que ela esteja gorda (-280)

Comunicação: (Ela quer contar algo)
Você ouve com uma expressão atenta ! (0)
Você ouve por mais que 30 minutos !! (+5)
Você ouve por mais que 30 minutos sem olhar em nenhum momento para a TV!!!(+10)
Ela percebe que você esta dormindo de olhos abertos!!! (-320)

Viu como é simples nos agradar?

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Felicidade



É engraçado como o conceito de felicidade vai mudando com o tempo e como para cada pessoa é diferente.
Quando somos crianças, a felicidade é encontrada nas pequenas coisas: em um brinquedo preferido, em um desenho que se gosta, em um passeio esperado, em brincar com os amigos, em comer um doce...

Meu filho por exemplo acha o máximo da felicidade quando o deixo tomar banho de bacia (como não tenho banheira em casa, ele gosta de tomar banho naquelas bacias grandes de alumínio, que servem para colocar roupa...nem sei se ainda existe para vender, é da época da minha mãe). Ele coloca ali seus brinquedinhos e fica por um bom tempo brincando na água...também se sente extremamente feliz quando o deixamos ajudar em alguma coisa...ajudar o pai a consertar algo, a lavar o carro ou então em alguma coisa na cozinha.
E também se sente muito feliz, quando sentamos ao lado dele no sofá, para assistir seus desenhos ou filmes...vejo isso nos olhinhos dele brilhando.

Para os adultos, a maioria dessas coisas já deixou de ter importância. Fazemos essas pequenas coisas tão automaticamente, que já não vemos felicidade em realizá-las.
Sim, continuamos a nos sentir felizes quando ganhamos ou compramos um “brinquedo” novo, ou quando conseguimos realizar aquela viagem dos sonhos, ou quando conseguimos passar um tempo junto daquela pessoa que amamos...
Mas, não é a mesma coisa...não ficamos felizes com a mesma espontaneidade, não ficamos felizes apenas por ficar, sem que isso venha com um bônus ou um preço junto.

Sou uma pessoa otimista, bem humorada, consigo admirar uma bela manhã de Sol ou uma noite enluarada...consigo me enternecer com algumas cenas.
Me sinto a maioria das vezes uma pessoa feliz, (sim, porque pra mim felicidade é um estado de espírito), mas gostaria de ainda me sentir feliz como as crianças se sentem!
Não queria que as dificuldades, os problemas, as decepções, a violência nos atingisse de forma que não conseguimos mais ser feliz somente por ser, entendem?
Vivemos num mundo cada vez mais individualista, onde cada um só está preocupado com sua vida, se vai ter dinheiro para comer, pagar as contas no final do mês, se vai chegar vivo em casa...dificilmente quando você chega em algum lugar e dá um sorriso, mesmo que não conheça a pessoa, é retribuído.
Fruto de um mundo “civilizado” e moderno...

Decidi que hoje estou feliz por nada...ou melhor, por tudo que tenho!
Estou feliz pela minha vida e saúde e pela vida e saúde de todos que me rodeiam...
Estou feliz por ter uma família...
Estou feliz por ter um trabalho...
Estou feliz por ter um teto...
Estou feliz por ter amigos...
Estou feliz por ter paz de espírito...
Estou feliz... estou feliz....estou felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz!!!!!!

Quero hoje ficar feliz como meu filho fica, por pequenas coisas, mas que são as que importam de verdade...
Quero chegar em casa, encher a bacia com água e ficar brincando com ele...
Quero fazer um balde de pipoca e comer juntinho dele, sentada no sofá, vendo seus desenhos preferidos...
Quero sentar no chão e brincar de corrida com os “milhares” de carrinhos do Hot Wheels que ele adora...
Quero ir ao quintal e saudar a Lua, como ele gosta de fazer...
Quero ficar procurando a estrelinha mais brilhante...
Quero rir de todas as “pérolas” que ele fala...
Quero brincar de fazer careta no espelho...
Quero dar muito beijo nele babado e rir vendo-o limpar, falando “ecaaa, que nojo”...
Quero cantar todas as musiquinhas que ele aprende na escola e ensiná-lo a cantar as músicas que gosto durante o banho...
Quero brincar de pular corda...
Quero vê-lo todo feliz por conseguir pilotar sua motinho sozinho, inclusive fazer curva...
Quero ir a um parque e correr com ele livremente...
Quero nesse mesmo parque alugar aquelas bicletas de 3 lugares e pedalar em família...
Quero fazer uma panelada de brigadeiro e comer até ficar cansada...
E finalmente quero levá-lo pra minha cama a noite e dormir os três juntinhos, sabendo que hoje fiquei feliz por ficar!
Desejo que a fada da felicidade bata hoje na porta de cada um de vocês.

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Ray Charles




Um bom dia primaveril a todos!
Esse final de semana vi um filme que fazia tempo que queria ver e adorei: Ray, sobre a vida de Ray Charles.
O ator, Jamie Foxx, merece um comentário, pois está perfeito!
O filme mexeu muito comigo, pois levanta questões importantes e de uma sensibilidade ímpar.
Primeiro porque é tocante e nos faz perceber como às vezes dimensionamos um problema que nem é tão grande assim...ver uma pessoa, que ficou deficiente visual quando era criança, sofrendo o preconceito racial e mesmo assim supera todas as barreiras, preconceitos e vence!
Depois, vendo a mãe ter que bancar a durona, ensinando o filho que ele tinha que fazer as coisas sozinho, pois não queria que as pessoas tivessem pena dele. A mãe usou todo seu amor para transformá-lo numa pessoa independente, sem fazer as coisas por ele, mesmo que isso lhe causasse lágrimas e desespero, vendo o medo do filho.
Terceiro, porque é uma delícia ouvir as músicas de Ray Charles e saber um pouco mais sobre sua carreira.
Mas, o que ficou mais pra mim do filme, foi como ele conseguiu superar a culpa que tinha em relação à morte do irmão e abandonou as drogas, as quais usou durante muitos anos.

Já tinha essa consciência e o filme só fez ressaltar mais: como a culpa pode acabar com a vida de uma pessoa!
Ray Charles quase acabou com sua vida, sua carreira, sua família, pois usando a droga, achava que estava se impondo um castigo.
A cena mais tocante é quando ele tem um sonho com a mãe e o irmãozinho aparece, dizendo que a culpa não foi dele. A partir desse momento, ele se liberta.
Muitas pessoas carregam culpas pela vida e isso as destrói!
Todos estamos sujeitos a erros e devemos tentar consertá-los quando temos a oportunidade.
A felicidade só vem, se seu coração está livre de qualquer rancor, culpa, angústia...
O filme é triste, mas vale muito a pena ver!

Assim como vale imensamente a pena ouvir Ray Charles, essa é minha sugestão no começo da semana...às vezes os sentimentos que não conseguimos falar, vem através da música, como essa canção.





A Song For You

I've been so many places in my life and time

I've sung a lot of songs, I've made some bad rhyme
I've acted out my life in stages
With ten thousand people watching
But we're alone now and I'm singin' this song for you
I know your image of me is what I hope to be, baby
I've treated you unkindly but girl can't you see
There's no one more important to me
So darling can't you please see through me
'cause we're alone now and I'm singin' my song for you
You taught me precious secrets of the truth, withholdin' nothin'
You came out in front and I was hiding
But now I'm so much better so if my words don't come together
Listen to the melody cause my love's in there hiding
I love you in a place where there's no space or time
I love you for my life, 'cause you're a friend of mine
And when my life is over, remember when we were together
We were alone and I was singin' my song for you
I love you in a place where there's no space or time
I've loved you for my life, yes, you're a friend of mine
And when my life is over, remember when we were together
We were alone and I was singin' my song for you, yes
We were alone and I was singin' this song for you, baby
We were alone and I was singin' my song,
Singin' my song, singin' my song, singin' my song
Singin' my song

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Estamos em reforma...

Oi, gentem...

Estou arrumando um pouco a casa, então desculpem a bagunça.
Não se assustem com o "sumiço" dos blogs que visito, é que mexendo aqui e ali, acabei deletando, mas logo reponho, ok?
Estou ainda em fase de testes.
Beijos

domingo, 23 de setembro de 2007

Série Signos: OS SIGNOS E A TROCA DE LÂMPADA


Bom dia, galera!


Quantos arianos são necessários para trocar uma lâmpada? Apenas um, mas serão necessárias muitas lâmpadas.

Quantos taurinos são necessários para trocar uma lâmpada? Nenhum: Taurinos não gostam de mudar nada.

Quantos geminianos são necessários para trocar uma lâmpada? Dois (é claro). Vai durar o fim de semana inteiro, mas quando estiver pronto a lâmpada vai fazer o serviço da casa, falar francês e ficar dacor que você quiser.

Quantos cancerianos são necessários para trocar uma lâmpada? Somente um. Mas levará três anos para um terapeuta ajudá-lo a passar pelo processo.

Quantos leoninos são necessários para trocar uma lâmpada? Um leonino não troca lâmpadas, a não ser que ele segure a lâmpada e o mundo gire em torno dele.

Quantos virginianos são necessários para trocar uma lâmpada? Vamos ver: um para girar a lâmpada, um para anotar quando a lâmpada queimou, e a data em que ela foi comprada, outro para decidir de quem foi a culpa da lâmpada ter sido queimada e perguntar, dez para decidir como remodelar a casa enquanto o resto troca a lâmpada....

Quantos librianos são necessários para trocar um lâmpada? Bom, na realidade eu não sei. Acho que depende de quando a lâmpada foi queimada. Talvez só um, se for uma lâmpada comum, mas talvez dois se a pessoa não souber onde encontrar uma lâmpada, ou ...

Quantos escorpianos são necessários para trocar uma lâmpada? Mas quem quer saber? Por que "você" quer saber? Você é um policial?

Quantos sagitarianos são necessários para trocar uma lâmpada? O sol está brilhando, está cedo, nós temos a vida inteira pela frente, e você está preocupado em trocar uma lâmpada estúpida?

Quantos capricornianos são necessários para trocar uma lâmpada? Nenhum. Capricornianos não trocam lâmpadas - a não ser que seja um negócio lucrativo.

Quantos aquarianos são necessários para trocar uma lâmpada? Vão aparecer centenas, todos competindo para ver quem será o único a trazer a luz ao mundo.

Quantos piscianos são necessários para trocar uma lâmpada? O quê? A luz está apagada?

fonte: http://textos_legais.sites.uol.com.br/
imagem: www.filatelissimo.com

Poema: Mário Quintana


Hot Air Balloons, Snowmass CO
David Carriere

A vida


A vida são deveres, que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas !
Quando se vê, já é sexta-feira...
Quando se vê, já é Natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, passaram-se cinquenta anos!
Agora, é tarde demais para ser reprovado...

Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade,
eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente
e iria jogando, pelo caminho,
a casca dourada e inútil das horas...

Dessa forma, eu digo:
não deixe de fazer algo que gosta
devido à falta de tempo.
A única falta que terá, será desse tempo
que infelizmente... não voltará mais".


Mário Quintana

sábado, 22 de setembro de 2007

Desculpem...

Amigos,

Hoje, por problemas particulares, não consegui postar as dicas de final de semana, ficarei devendo.
Mas, desejo que todos curtam muito ao lado de quem amam.
Beijos....

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Dica Literária: ALGARAVIAS



Bom dia!!!!
Para os amantes de poesia, a Editora Rocco acaba de reeditar essa coletânea de poemas publicada originalmente em 1996, 'Algaravias - Câmara de ecos', de Waly Salomão.
Vamos a sinopse do jornal O Estado de São Paulo:

"Para Waly Salomão, poesia é suor, e o resto não passa de psicografia. Agraciado com os prêmios Alphonsus de Guimarães (1996) e Jabuti (1997), Algaravias é seriamente trabalhado e possui um tom fortemente declamatório, em que o poeta que se afirmava polifônico envolve-se em quatro caminhos temáticos: a reflexão sobre poesia, o mito pessoal ou nacional, a ironia e a lírica da quase intimidade. Ele transforma delírios em elegias e faz poemas dedicados a amigos como Chico Alvim e a grandes poetas como Valéry e Antonio Cícero.
Grande leitor da poesia universal, Waly (1943-2003) absorvia e reprocessava todas as influências externas para depois canalizá-las em uma voz poética própria."


Mais uma...


Mais uma vez nossos governantes colocaram em nossa cara o nariz de palhaço!
Foi essa sensação que tive hoje ao ver como notícia de primeira página no jornal O Estado de São Paulo, uma foto de Lula e Renan Calheiros rindo, lado a lado, enquanto a manchete diz: “ Lula entrega cargos, libera verbas e CPMF é aprovada.”
Pois é, esse imposto que foi criado para a saúde de nosso país e não temos retorno algum, foi aprovado, com prorrogação até 2011 por 338 votos a favor, 117 contra e 2 abstenções.
E o governo, para arrecadar mais votos a favor, fez o famoso toma-lá-da-cá...que triste, que revoltante, que nojento!

O Lula, que sempre foi de oposição ferrenha ao governo e, que hoje que faz parte do mesmo, diz que “tem gente que só vê desgraça”, que “tem gente que só fala contra”...e não é o que ele fez a vida toda?????
Diz que “qualquer pessoa de juízo nesse país, a não ser aqueles que querem inviabilizar o Brasil, sabem que nem o governo Lula nem o governo de qualquer outro ser humano poderia abrir mão da CPMF nesse instante.”
Sinceramente não me lembro, por isso pergunto se alguém se lembra: qual foi a posição adotada por ele e pelo PT quando a CPMF foi criada????
Só pra gente poder comparar os discursos...
Mais uma que temos que engolir a seco...até quando????????????



imagem: ocram.wordpress.com

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Dica: Sebo virtual




Bom dia!!!!!
Sabe aquele livro que você quer comprar, mas já não acha mais em livraria?
Ou então aquelas edições raras, completas e que você sempre foi louco para ter, mas não dava pra comprar?
Ou aqueles livros didáticos carésimos e que você precisa pra faculdade ou pro seu trabalho????

Pois é, tem um site chamado http://www.estantevirtual.com.br/, que simplesmente tem um acervo de 650 sebos e livreiros, de 140 cidades.
Dá pra comprar pela net.
Eu adoro ler, mas nem sempre dá pra comprar todos os livros que quero, pois livro infelizmente é caro...então, já me utilizei dos serviços de alguns sebos. Não me importo que o livro seja usado, desde que esteja inteiro e limpo, claro.
Sem dúvida alguma, prefiro ser a primeira a adquirir o livro, sentir o cheirinho de novo, guardar com cuidado (sou ciumenta com livro), mas diante da impossibilidade, fica aqui a sugestão.

imagem: www.materiais.ufsc.br/lcm/figuras/livros%20co...






Pescaria Inesquecível


"Ele tinha onze anos e, cada oportunidade que surgia, ia pescar no cais próximo ao chalé da família, numa ilha que ficava em meio a um lago.
A temporada de pesca só começaria no dia seguinte, mas pai e filho saíram no fim da tarde para pegar apenas peixes cuja captura estava liberada.
O menino amarrou uma isca e começou a praticar arremessos, provocando ondulações coloridas na água. Logo, elas se tornaram prateadas pelo efeito da lua nascendo sobre o lago.
Quando o caniço vergou, ele soube que havia algo enorme do outro lado da linha.

O pai olhava com admiração, enquanto o garoto habilmente, e com muito cuidado, erguia o peixe exausto da água.Era o maior que já tinha visto, porém sua pesca só era permitida na temporada. O garoto e o pai olharam para o peixe, tão bonito, as guelras para trás e para frente.
O pai, então, acendeu um fósforo e olhou para o relógio. Eram dez da noite, faltavam apenas duas horas para a abertura da temporada.
Em seguida, olhou para o peixe e depois para o menino, dizendo:

- Você tem que devolvê-lo, filho.
- Mas, papai, reclamou o menino.
- Vai aparecer outro, insistiu o pai.
- Não tão grande quanto este, choramingou a criança.

O garoto olhou à volta do lago. Não havia outros pescadores ou embarcações à vista.
Voltou novamente o olhar para o pai.
Mesmo sem ninguém por perto, sabia, pela firmeza em sua voz, que a decisão era inegociável. Devagar, tirou o anzol da boca do enorme peixe e o devolveu à água escura.
O peixe movimentou rapidamente o corpo e desapareceu.
E, naquele momento, o menino teve certeza de que jamais veria um peixe tão grande quanto aquele.

Isso aconteceu há trinta e quatro anos.
Hoje, o garoto é um arquiteto bem-sucedido.
O chalé continua lá, na ilha em meio ao lago, e ele leva seus filhos para pescar no mesmo cais.
Sua intuição estava correta. Nunca mais conseguiu pescar um peixe tão maravilhoso como o daquela noite.
Porém, sempre vê o mesmo peixe repetidamente todas as vezes que depara com uma questão ética.
Porque, como o pai lhe ensinou, a ética é simplesmente uma questão de certo e errado.
Agir corretamente, quando se está sendo observado, é uma coisa.
A ética, porém, está em agir corretamente quando ninguém está nos vendo.
Essa conduta reta só é possível quando, desde criança, aprendeu-se a devolver o PEIXE À ÁGUA."


do livro Histórias par Aquecer o Coração dos Pais - Editora Sextante


imagem: baixaki.ig.com.br - Sheila Nogueira

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Conto: Recomeço



A primeira coisa que Helena viu quando o ônibus entrou na cidade, foi á praça.
A sensação que teve foi que nada ali havia mudado...o carrinho de algodão-doce continuava estacionado no mesmo lugar, as crianças ainda batiam figurinha no coreto, os velhinhos descansavam e conversavam embaixo do velho Chorão...
Sorriu com a torrente de lembranças e depois de tantos anos, já nem se lembrava quantos, sentiu a paz que tanto buscava. Sem perceber uma lágrima escorreu dos seus olhos e seu filho, que estava no banco ao seu lado, perguntou:
- O que foi, mamãe, você está triste?
- Não querido...mamãe está feliz...às vezes os adultos também choram de alegria.
Ele deu de ombros e continuou olhando pela janela do ônibus.
Ficou olhando para seu filho, sua razão de viver, sua força pra continuar sempre em frente e teve ainda mais certeza que estava fazendo a coisa certa.

Quando o ônibus parou no pequeno terminal, desceram e olhando em volta ela viu que muita coisa sim havia mudado naqueles 10 anos de ausência.
Quem comandava o carrinho de algodão-doce não era mais o velho Isaías, mas o carrinho era o mesmo, daqueles de girar a manivela, vendo o açúcar se transformar em nuvens de doce.
A praça havia ganhado brinquedos, aonde crianças se divertiam naquela manhã
ensolarada de sábado.
O coreto não lembrava em nada aquele da sua época de criança...agora estava pintado com cores vibrantes, sendo a atração da praçinha.
Os velhinhos...bem...reconheceu 2, que estavam mais velhinhos ainda do que quando havia deixado a cidade.
Só o Chorão era o mesmo...sorriu...bem que diziam que aquela árvore iria durar para sempre!
Lembrou de quantas vezes passou a mão pelo seu tronco, sentou-se embaixo dele para ler, encostou-se nele para ser beijada...

Acordou do devaneio tendo sua mão puxada pelo seu filho:
-Vamos mãeeeeeeee.
Pegou as malas e a mochila, tudo que havia sobrado de uma vida que queria esquecer, deu a mão a seu filho e atravessou a rua.
Conforme iam andando, foi notando as cabeças virando em sua direção e cochichos...cidade do interior, pequena, sem grandes novidades...qualquer pessoa estranha que chegasse, era motivo de falatório.
Seu filho apertava cada vez mais sua mão e tentava se esconder atrás dela...um reflexo automático de medo, devido a história que havia vivido até ali.
Sabia que ainda levaria algum tempo até que ele se soltasse e confiasse nas pessoas.
Avistou a casa de sua mãe...igual a imagem que havia ficado gravada me sua mente: telhado laranja, casa branca e a cerquinha pintada de azul.
Nos momentos mais difíceis, fechava os olhos e lembrava da casa aonde passou sua infância, do cheiro de rosquinhas de canela que sua mãe fazia.
Seu coração deu um salto e o tempo congelou.

Viu a varanda, o corrimão da escada e ela escorregando por ele enquanto sua mãe gritava: “Helena, desce direito, você é menina, vai se machucar.”
Deu uma risada nervosa e levou a mão a boca, tentando conter o soluço que ameaçava vir.
Olhou a árvore que ficava ao lado da casa e viu o velho balanço pendurado...não acreditou que ainda estivesse ali. Seus cabelos balançavam ao vento cada vez que o pai a empurrava e ela gritava: “mais alto, papai, mais alto.”
Essa era a sua história, mas havia deixado tudo isso pra trás, quando há 10 anos decidirá ir embora, fugir de uma vida que não queria e ir em busca de um sonho.
Logo viu que o sonho na verdade era um pesadelo...Mário não era quem imaginava que fosse e sua vida foi marcada pelo medo, desespero, violência, dificuldades...a única coisa boa estava ali ao seu lado e jurara a si mesmo que nunca mais ninguém faria seu filho sofrer.
Quando foi embora, destruiu sua vida e a vida de seu pai, que nunca a perdoou e proibiu a todos de manter contato com ela. Sua mãe ficou dividida entre o amor de mãe e a obediência ao marido...no fim venceu o marido.
Seu pai havia morrido há 2 anos...sabia porque uma amiga de infância havia avisado. Morreu sem perdoá-la, sem responder a nenhuma carta...uma parte dela havia morrido junto com ele, sabia que carregaria pra sempre aquele peso no coração, a saudade que doía fundo, remoendo suas entranhas.
Agora que seu pesadelo havia terminado, voltou ao lugar que sempre quis deixar e, por ironia da vida, percebeu que durante todo esse tempo, só pensava em retornar...como a vida era engraçada! Se tivesse ouvido os conselhos de seu pai, os apelos de sua mãe, que dizia que o mundo era muito grande, que o que ela buscava na verdade estava dentro dela mesma e não lá fora...

Tocou a campainha...
A porta se abriu e ela viu sua mãe...apenas uma sombra da mulher bonita que fora. O sofrimento havia-a envelhecido, marcado seu rosto com rugas, encurvado seu corpo, enbranquecido seus cabelos.
As duas ficaram se olhando e ela viu quando sua mãe colocou a mão no peito, segurando a medalhinha de Santa Rita de Cássia, enquanto as lágrimas desciam pelo seu rosto.
Ficou esperando nervosa, com seu filho espiando curioso...tinha medo de dar um primeiro passo e ser rejeitada.
Sua mãe olhou seu filho...as lágrimas se transformaram em soluços e quando finalmente ela voltou seu olhar para a filha, estendeu os braços.
Helena largou as malas, pegou seu filho no colo e se jogou nos braços da mãe.
Era ali...era ali que queria estar durante todo esse tempo...cada violência que sofrera durante esses anos, pensava na mãe a cuidar dela.
As lágrimas reprimidas durante todos esses anos, de ambos os lado, estavam agora sendo colocadas pra fora, limpando um passado de dor, de sofrimento, de saudade, de privações.
Sua mãe pegou seu filho no colo e o beijou...acariciou seu rosto, sorriu:
- Ele parece com você...os mesmos olhos, cabelos...
Helena riu:
- É...mas têm a sua força, mãe.
Se olharam, não havia necessidade de muitas palavras. As duas de um certo modo tiveram histórias parecidas...ela subjugada por um homem que usava de violência física...sua mãe manipulada por um homem que usava da autoridade de marido.
Helena olhou para o velho balanço e sua mãe falou:
- Seu pai nunca deixou ninguém mexer nele...e eu deixei ai depois que ele se foi...era o que ligava vocês dois a mim.
Olhou a mãe confusa...
- Mas...
- Seu pai te amava, filha...ele achava que havia falhado como pai, quando você largou tudo e fugiu...o que ele não perdoava, era o fato de não ter percebido o que você queria, de não entender o que você buscava...não aceitava que o que você tinha aqui não lhe bastasse.

Helena largou sua mãe...passou pelo portão e foi caminhando devagar até o balanço.
Tocou-o e escutou o rangido...a tinta não estava descascada, o que mostrava que o pai cuidava dele.
Sentou devagar no banco, com medo de cair...segurou na grossas corrente e ensaiou um impulso. O balanço rangeu, mas agüentou o peso.
Foi aumentando a velocidade e imaginando o pai cuidando do balanço...jogou a cabeça pra trás, sentindo o vento espalhar seus cabelos, como quando criança e as lágrimas escorrendo pelo rosto.
Parou de dar impulso com o corpo, mas mesmo assim o balanço manteve a velocidade...quando o balanço foi pra frente, olhou para trás e viu a imagem do pai, com as mãos estendidas, empurrando o balanço e sorrindo.
Olhou para a mãe, mas ela estava abaixada conversando com seu filho.
Sentiu o balanço ir pra frente de novo e olhou novamente para trás...ele estava lá sorrindo...quis falar alguma coisa, mas a voz não saiu, então pensou:
“Pai...desculpa pai...”
“Menina...esquece o que passou, você voltou pra sua casa...”
“Pai...me perdoa...você tinha razão.”
Ele sorriu...”A gente sempre acha que tem razão...mas, agora você vai ficar bem. Cuida de tua mãe, ela precisa de ti”
“Te amo pai...senti saudades...”
“Estive sempre contigo...olha pra frente, você vai cair...”

Helena fechou os olhos e deixou-se balançar, sentindo o peso de anos ir abandonando seu coração aos poucos, como que levado pelo vento.
O balanço foi perdendo força e ela virou para trás...o pai havia ido embora!
Olhou sua mãe...ela havia parado de falar e estava com a cabeça virada, como se estivesse tentando escutar algum coisa. Viu quando ela colocou a mão no rosto e depois na medalhinha.
Helena respirou fundo e sorriu...no ar havia ficado o perfume da loção pós-barba que o pai usava e no seu coração, ficou a certeza de que agora seria feliz.

imagem: biorui.no.sapo.pt/salixb.jpg




Coração do Agreste
Moacyr Luz & Aldir Blanc
Gravação: Fafá de Belém

Essa música é de 1989 e foi tema da novela Tieta e quando escrevi o conto, me veio a lembrança da música que tanto gosto

terça-feira, 18 de setembro de 2007

Dica Literária: DA PREGUIÇA COMO METODO DE TRABALHO


Mais uma dica e essa é para quem aprecia Mario Quintana: “Da Preguiça como Método de Trabalho”, tirado do forno agora, pela Globo Editora, 1a. edição.
A sinopse do Jornal O Estado de São Paulo diz:

O gaúcho Mario Quintana (1906-1994), tem obra difícil de classificar, por ter adotado várias formas possíveis da poesia, que vai do soneto ao poema em prosa, passando pelo verso livre.
Essa característica é evidente nesta obra, que privilegia o poema em prosa como linguagem. Mas a forma é variável: aforismos, dísticos, crônicas, diálogos e ditos morais. Quintana mantém o estilo coloquial, calcado na variedade formal, na ironia e no espaço urbano. Ele é um poeta que vê a palavra poética como aliada, crença que faz seus escritos transpirarem suavidade, simplicidade e lucidez. O que não significa que deixe de ser profundo. Algo como “Vale a pena estar vivo – nem que seja para dizer que não vale à pena”.

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Música: Everybody Wants to Rule the World

Bom dia, galera!!!!!
Hoje inciaremos a semana com Tears For Fears...sim, é antigo, mas muito bom!
O Tears for Fears é uma dupla de rock pop dos anos 80, formada por Roland Orzabal (voz e guitarra) e Curt Smith (voz e baixo). A música da dupla sempre foi criada por Orzabal, principal compositor, que se baseava nas teorias psicanalistas de Arthur Janov (Grito Primal), que deu origem ao nome do grupo.
O grupo se destacou pela versatilidade de temas usados em suas canções, pelo detalhismo e pela vigorosa utilização do sintetizador. Venderam mais de 20 milhões de discos obtiveram vários discos de ouro e de platina.
Por causa de briga a dupla se separa, mas voltam a se unir em 2003, lançando o álbum Everybody loves a Happy Ending.

Esses dias atrás ouvi essa música no rádio em versão acústica e achei linda demais, pena que não achei assim no youtube.
E continua sendo muito atual...todos querem governar o mundo...e acabam querendo também governar a nossa vida, mas como eles mesmo dizem: nada dura para sempre!
Vamos acreditar nisso e curtir...





Everybody Wants to Rule the World


Welcome to your life
There's no turning back
Even while we sleep
We will find you acting on your best behavior
Turn your back on Mother Nature
Everybody wants to rule the world.

It's my own design
It's my own remorse
Help me to decide
Help me make the most
Of freedom and of pleasure
Nothing ever lasts forever
Everybody wants to rule the world.

There's a room where the light won't find you
Holding hands while the walls come tumbling down
When they do I'll be right behind you.
So glad we've almost made it
So sad they had to fade it
Everybody wants to rule the world.

I can't stand this indecision
Married with a lack of vision
Everybody wants to rule the world.

Say that you'll never never never never need it
One headline why believe it?
Everybody wants to rule the world.

All for freedom and for pleasure
Nothing ever lasts forever
Everybody wants to rule the world.

fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Tears_for_Fears

 
Pensamento Nosso - Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu Templates Novo Blogger