Felicidade



É engraçado como o conceito de felicidade vai mudando com o tempo e como para cada pessoa é diferente.
Quando somos crianças, a felicidade é encontrada nas pequenas coisas: em um brinquedo preferido, em um desenho que se gosta, em um passeio esperado, em brincar com os amigos, em comer um doce...

Meu filho por exemplo acha o máximo da felicidade quando o deixo tomar banho de bacia (como não tenho banheira em casa, ele gosta de tomar banho naquelas bacias grandes de alumínio, que servem para colocar roupa...nem sei se ainda existe para vender, é da época da minha mãe). Ele coloca ali seus brinquedinhos e fica por um bom tempo brincando na água...também se sente extremamente feliz quando o deixamos ajudar em alguma coisa...ajudar o pai a consertar algo, a lavar o carro ou então em alguma coisa na cozinha.
E também se sente muito feliz, quando sentamos ao lado dele no sofá, para assistir seus desenhos ou filmes...vejo isso nos olhinhos dele brilhando.

Para os adultos, a maioria dessas coisas já deixou de ter importância. Fazemos essas pequenas coisas tão automaticamente, que já não vemos felicidade em realizá-las.
Sim, continuamos a nos sentir felizes quando ganhamos ou compramos um “brinquedo” novo, ou quando conseguimos realizar aquela viagem dos sonhos, ou quando conseguimos passar um tempo junto daquela pessoa que amamos...
Mas, não é a mesma coisa...não ficamos felizes com a mesma espontaneidade, não ficamos felizes apenas por ficar, sem que isso venha com um bônus ou um preço junto.

Sou uma pessoa otimista, bem humorada, consigo admirar uma bela manhã de Sol ou uma noite enluarada...consigo me enternecer com algumas cenas.
Me sinto a maioria das vezes uma pessoa feliz, (sim, porque pra mim felicidade é um estado de espírito), mas gostaria de ainda me sentir feliz como as crianças se sentem!
Não queria que as dificuldades, os problemas, as decepções, a violência nos atingisse de forma que não conseguimos mais ser feliz somente por ser, entendem?
Vivemos num mundo cada vez mais individualista, onde cada um só está preocupado com sua vida, se vai ter dinheiro para comer, pagar as contas no final do mês, se vai chegar vivo em casa...dificilmente quando você chega em algum lugar e dá um sorriso, mesmo que não conheça a pessoa, é retribuído.
Fruto de um mundo “civilizado” e moderno...

Decidi que hoje estou feliz por nada...ou melhor, por tudo que tenho!
Estou feliz pela minha vida e saúde e pela vida e saúde de todos que me rodeiam...
Estou feliz por ter uma família...
Estou feliz por ter um trabalho...
Estou feliz por ter um teto...
Estou feliz por ter amigos...
Estou feliz por ter paz de espírito...
Estou feliz... estou feliz....estou felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz!!!!!!

Quero hoje ficar feliz como meu filho fica, por pequenas coisas, mas que são as que importam de verdade...
Quero chegar em casa, encher a bacia com água e ficar brincando com ele...
Quero fazer um balde de pipoca e comer juntinho dele, sentada no sofá, vendo seus desenhos preferidos...
Quero sentar no chão e brincar de corrida com os “milhares” de carrinhos do Hot Wheels que ele adora...
Quero ir ao quintal e saudar a Lua, como ele gosta de fazer...
Quero ficar procurando a estrelinha mais brilhante...
Quero rir de todas as “pérolas” que ele fala...
Quero brincar de fazer careta no espelho...
Quero dar muito beijo nele babado e rir vendo-o limpar, falando “ecaaa, que nojo”...
Quero cantar todas as musiquinhas que ele aprende na escola e ensiná-lo a cantar as músicas que gosto durante o banho...
Quero brincar de pular corda...
Quero vê-lo todo feliz por conseguir pilotar sua motinho sozinho, inclusive fazer curva...
Quero ir a um parque e correr com ele livremente...
Quero nesse mesmo parque alugar aquelas bicletas de 3 lugares e pedalar em família...
Quero fazer uma panelada de brigadeiro e comer até ficar cansada...
E finalmente quero levá-lo pra minha cama a noite e dormir os três juntinhos, sabendo que hoje fiquei feliz por ficar!
Desejo que a fada da felicidade bata hoje na porta de cada um de vocês.

terça-feira, 25 de setembro de 2007

21 Comments:

Simone said...

que legal!!! o Biel tb toma banho de bacia no quintal com os brinquedos, de sunguinha e sai de roupão.

vanda - pensamentos soltos said...

Eu diria mudam-se as idades, mudam-se as felicidades!
Os adultos complicam de mais, exigem de mais…quando podemos ser felizes com um sorriso sincero, um abraço!
beijo

Alice said...

Lindo !!
Felicidade é simplesmente a vontade de ser feliz !!
Lindo demais !!e.... seja mesmo, muuuto feliz !!
bjus felizes pra vc !

Renato Bueloni Ferreira said...

Com as crianças redescobrimos as pequenas coisas, a beleza e a alegria que pequenas coisas nos trazem.

Aline e Marcelo said...

Você definiu muito bem "felicidade é um estado de espírito".
E para nos sentirmos assim, pouca coisa é necessária além de sentir gratidão.
Essa mesma gratidão que percebi em suas linhas.
Valorizar o que temos cada vez mais, e tratar de seguir em frente sempre em busca de novas maravilhas.
Felicidade é ser grato...

Beijocas.

Pensamentos Ocultos said...

Novo Visual ! Muito Bom, aliás Excelente !

A Felecidade está nas mais pequenas coisas , naquelas que parecem ser as mais insignificantes. Lendo esse texto concluo que também sou Feliz, pois tenho tudo e nada !

Beijinhos, Querida.

Girassol said...

Ainda trago em mim muita dessa felicidade espontânea tão característica das crianças. Eu, como alguns me caracterizam, sou uma criança feliz, graças a Deus. =)
Continuo a sentir o mesmo prazer ao comer algodão doce. Admiro campos de girassóis com os olhos a brilhar. Enrosco-me na beira da janela só para descobrir figuras nas nuvens... a felicidade, como tu mesma disseste, é um estado de espírito.
Ser feliz sem hora marcada na agenda, feliz por tudo, ou feliz por nada, dá até saúde...

Beijo.
Seja feliz. =)

Jac C. said...

Querida, amei o layout novo.
Tudo clean.
Agradeço por seus comentários sempre tão compromissados e envolventes.
Bom saber que temos afinidades.
Rsrsrs... vendo-te falar de teu filho, lembro-me dos meus.
Acho que quem entende mesmo dessa tal felicidade, são essas tais crianças sempre de coração imensamente puro e aberto para as delícias de cada momento.
Nós adultos estragamos tudo, especialmente qdo atrelamos a felicidade à capacidade de ter.
Beijos

Cin said...

Nossa, fico uns dias ausentes q qdo volto esta tudo novo (e lindo) por aqui.
Edna querida esse seu post não poderia ser mais eu hj, inclusive meu post no blog é justamente isso.
Estou feliz e pronto, sem maiores explicações.
Bjos e dias felizes para todos nós!

Fabiola said...

Menina pensei nisso ontem!!

Heliarly said...

É mesmo aquilo que agente sempre procura e nunca acha, e se achar deve perder a graça, não é mesmo?

Edson Marques said...

Edna,

Um belo ensaio sobre a Felicidade!

Obrigado pela visita e pelos comentários.

Estava tudo maravilhosamente bem.
O blog MUDE é o mais visitado do weblogger:
Quase 300.000 acessos; cerca de 400 visitas por dia.
Ou seja, tudo perfeito para continuar assim.
Acontece que é preciso mudar...
Aliás, eu proponho que toda relação deve acabar no Pico.
Então resolvi levar meus corações para uma nova geografia.
Mudei.
Na verdade, um breve salto profundo.
E agora estou escrevendo no http://www.mude.blogspot.com
Se puder, venha dançar no arco-íris da casa nova.
Abraços, flores, estrelas..
.

Johnnatan said...

felicidade...

mistério

hashmalim said...

A felicidade esta em nos é e tão simples!!!

A felicidade nunca é associada com a ganancia, inveja, cobiça, malvadeza etc.

São esses os males que tornam pessoas infelizes, por viverem cobiçando o que os outros possam ter ou por não admirem de ver pessoas, com outro estado de espirito diferente do deles/ delas, desses fatos, são capaz de causar tormento na vida dos outros e assim a corrente do mal se instala e os momentos simples que compõe estado de graça se evapora!

A felicidade eu comparo com a limpeza da casa, limpamos pra tirar os demonios que habitam na sujeira, os demonios sujos vão embora, mas entra imediatamente, os demonios que gostam de limpeza e a arte pra ser feliz, esta no fato de saber co-habitar com os dois demonios, mantendo os sujos e os limpos, em uma certa proporção de distancia e de equilibrio pra que eles, não interfiram em nossos momentos decididos, para aproveitar os prazeres simples da vida!

FINA FLOR said...

taí, felicidade é tomar banho de bacia, eu amaaaaaava :o)

beijos e boa semana, flor

MM.

ps: ameeeeeei a casa nova, esse lay ficou lindo, essas borboletas rosas

R Lima said...

Sua radiante felicidade contagia..

Parabéns moça..

Tava tb ausente e fiquei feliz com seu novo visual.. com sua nova casa.



[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Edna Federico said...

Hashmalim, deixa o endereço do seu blog pra mim, pois não consigo visualizar.

hashmalim said...

Oi Edna! Seu nome é Edna Frederico ou Federico mesmo? Talvez eu não tenha bem entendido se você é a pessoa quem eu penso que sejas... desculpe a ignorancia eu confundo "você" com "outra pessoa"...ainda mais agora, com aquele post sobre felecidades etc...Confesso que da pra confundir, porque tendo trocado a aparencia do blog é batata, da pra fazer "confusões" porque as vezes, penso que estou no blog de outra pessoa e ops! ops! ops! me dou conta, que a pessoa em que penso, tem varios blogs!(...) As vezes é blog de homem que visito, as vezes é blog de mulher e por ai vai, tantos são os equivocos...Mas sobre equivoco, acho que você entende disso né querida? Sobre tudo você, tão humana e tão docil em suas linhas que tenho certeza que você me entende não é?.

Quanto a maneira de acessar meu blog você pode conseguir indo la no blog do ki-colado é tão facil!

Beijos

Edna Federico said...

Hashmalim, meu sobrenome é Federico mesmo, sem o "r".
Não sei como explicar quem sou, riso, eu sou eu...mas, claro que entendo sua confusão, afinal são muitos blogs e a gente acaba se perdendo.
Esse é meu único blog e quando mudei o visual, acabei perdendo os blogs que visito, daí perdi o seu e também o do Ki-colado, por isso pedi pra você deixar. Mas, vou procurar o dele e linko vocês novamente, obrigada.
Beijo

BABI SOLER said...

É Edna...vc tem razão.
Esquecemos de ser felizes espontaneamente e por motivos minimos, mas que são os que realmente importam...

Margarete said...

Adorei esse novo visual...
Eu sei porque você decidiu ficar feliz justamente nesse dia, meu níver é claro!!! (brincadeirinha)
Beijinho

Ah, tomar banho de bacia é 10, pena que estou meio crescidinha...

 
Pensamento Nosso - Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu Templates Novo Blogger