Música: Fênix

Bom dia!
Jorge Vercilo é da atualidade, um dos meu cantores preferidos.
Fiquei triste quando li outro dia, nem sei mais onde, um jornalista dizendo que ele era o genérico do Djavan...não acho, aliás acho estilos muito diferentes.
E essa música é linda demais, daquelas que veio para marcar...uma composição dele e de Flávio Venturini, outro grande!
É pra deitar no sofá, fechar os olhos e se deixar embalar.

Muitas vezes nessa vida já me senti uma Fênix, tanto que se tivesse coragem pra isso, tatuaria uma no meu corpo.
Vamos curtir então...



Fênix
Jorge Vercilo
Composição: Flávio Venturini / Jorge Vercilo


Eu!
Prisioneiro meu
Descobri no brêu
Uma constelação...

Céus!
Conheci os céus
Pelos olhos seus
Véu de contemplação...

Deus!
Condenado eu fui
A forjar o amor
No aço do rancor
E a transpor as leis
Mesquinhas dos mortais...

Vou!
Entre a redenção
E o esplendor
De por você viver...

Sim!
Quis sair de mim
Esquecer quem sou
E respirar por ti
E assim transpor as leis
Mesquinhas dos mortais...

Agoniza virgem Fênix
O amor!
Entre cinzas arco-íris
Esplendor!
Por viver às juras
De satisfazer o ego mortal...

Coisa pequenina
Centelha divina
Renasceu das cinzas
Onde foi ruína
Pássaro ferido
Hoje é paraíso...

Luz da minha vida
Pedra de alquimia
Tudo o que eu queria
Renascer das cinzas...

E eu!
Quando o frio vem
Nos aquecer o coração
Quando a noite faz nascer
A luz da escuridão
E a dor revela a mais
Esplêndida emoção...

O amor!
Quando o frio vem
Nos aquecer o coração
Quando a noite faz nascer
A luz da escuridão
A a dor revela a mais
Esplêndida emoção...

Quando o frio vem
Nos aquecer o coração
Quando a noite faz nascer
A luz da escuridão
E a dor revela a mais
Esplêndida emoção

O amor!...(2x)

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

8 Comments:

Cin said...

Eu tbém não acho q ele seja genérico do Djavan. São estilos diferentes mesmo, mas pra nossa sorte ambos são barbáros.
Linda semana flor!
Bjos!

Margarete said...

Musica maravilhosa, cantor maravilhoso. Genérico do Djavan??!, acho mesmo que esse jornalista devia estar com "dor de cotovelo", isso sim.
Boa semana!
Beijinhos

Anne said...

To nem aí pro que os jornalistas ou o mundo acha dele...eu adoro!!! Essa música aí é linda demais, sempre gostei dela, ainda mais pq a letra é mto bela!
Genérico ou não seja de quem for, eu ouço e gosto meeeesmo!!!
Bjokas, Edna, mto bom ouvir essa música!

Girassol said...

Música óptima para que nos sintamos embalados nessa início de semana.
Sabe, acho que de fênix todos temos um pouco, graças a Deus.
(Não me diga que também tem pânico de agulha e pouca resistência à dor como eu.. rsrsrs)!!!

Beijos, boa semana.

Edna Federico said...

Girassol,

Até que sou bem resistente a dor, mas digamos que não pago pra senti-la, riso...tatuagem definitivamente não é comigo!

Fabiola said...

eu não sou a mais fã dele
Mas parrticularmente gosto desta musica
Bjocas

Thais G. said...

É assim que venho me sentindo... Como uma fênix, em fase de auto-combustão pra depois a "dor revelar a mais esplêndida emoção"

abraços Edna!

ps: Adoro Jorge Versilo e sempre assisto o dvd dele que tenho aqui em casa...Ele nao tem nada a ver com Djavam!

BABI SOLER said...

essa é linda, mas a minha preferida é aquela: "nada vai me fazer desistir do amor", rs.
tem tudo a ver comigo

 
Pensamento Nosso - Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu Templates Novo Blogger