Cansei!!!!!


É impressionante as coisas que acontecem nesse país!
Sinceramente, tenho vontade de não assistir e nem ler mais os jornais, pois só me aborreço com os absurdos que nossos governantes fazem e dizem.
Hoje abri o jornal e li que foi aprovada em primeira votação, a ampliação do rodízio de carros aqui em São Paulo.
Para quem não sabe como funciona o rodízio, explico:
- Seguindo os finais das placas dos carros, em determinado dia da semana, não podemos circular com o carro no Centro expandido, no período entre 7:00 e 10:00 horas e 17:00 e 20:00 horas. Ex: carros com finais de placas 1 e 2, não podem circular na segunda-feira e assim sucessivamente.

Pois bem, a nova lei, se for aprovada, diz que TODOS os carros em TODOS os dias da semana, não poderão circular, em TODA a cidade, em esquema de rodízio. Ex: em anos pares, placas com final par, deixam de circular entre 7:00 e 8:30 horas e 17:00 e 18:30 horas e os de placa ímpar, entre 8:31 e 10:00 e 18:31 e 20:00 horas. Em anos ímpares seria o inverso.
Só para não esquecermos de quem criou esse projeto, aqui está o nome do vereador: Ricardo Teixeira (PSDB).
Um estudo feito pelo consultor técnico em engenharia de tráfego e transporte Horácio Augusto Figueiredo, comprova que se for aprovada, os congestionamentos continuam e os danos ambientais serão ainda maiores.
De acordo com o jornal O Estado de São Paulo de hoje, o prefeito Gilberto Kassab "ainda está indeciso sobre a sanção ou não do projeto, caso ele seja aprovado em segunda votação na Câmara". Isso porque ele não sabe o peso que essa decisão teria numa reeleição a prefeitura, que é seu objetivo.
Francamente...não se pensa em votar um projeto visando o bem estar do povo e da cidade, mas sim se será reeleito ou não por conta disso.

EU SOU TOTALMENTE CONTRA O RODÍZIO!!!!!!!!
Sempre fui, não acho que resolva absolutamente nada...muita gente tem 2 carros e alterna entre um e outro.
Gente, será que não entra na cabeça minúscula dessa gente, que a solução não é proibir o cidadão de andar com o carro que ele comprou com seu dinheiro, mas sim, melhorar e ampliar o transporte público???????
No centro de SP principalmente, aonde os estacionamentos são caríssimos, é muito melhor a gente ir de ônibus, metrô, do que de carro...mas, que jeito andar nessas conduções lotadas, que atrasam, que estão velhas...um horror!

Hoje o post é de desabafo e vai ficar grande, mas vamos lá.
Estou cansada de ouvir o Lula indo pra TV falar que quem é contra a CPMF é sonegador (o Renato também fez um ótimo post sobre isso na semana passada).
Sonegador o escambal! É muita cara-de-pau vir em público e falar isso.
Vamos fazer uma explanação simples sobre os impostos que somos obrigados a pagar e que portanto nos tira da lista de sonegadores:

Pessoa Física:
- um trabalhador recebe seu salário...paga INSS e IRRF. Se ele resolve comprar um carro, tira o dinheiro do banco e paga CPMF...em cima do valor do carro, paga TODOS os impostos que vem junto. Depois tem IPVA, Seguro Obrigatório, Licenciamento... (detalhe, por conta do período que não pode andar com o carro, por causa do rodízio, não tem abatimento no IPVA). Paga pedágio nas estradas e isso muitas vezes não quer dizer que ela seja boa para circular...
Por conta das ruas esburacadas da cidade, que danificam os pneus, suspensão e etc, ele também não tem abatimento no IPVA.

- um trabalhador resolve comprar um imóvel...recebe seu salário, paga INSS e IRRF. Tira o dinheiro do banco e paga CPMF. Além do dinheiro do imóvel, ele tem que deixar separado o dinheiro de TODAS aquelas taxas da escritura...incluindo um valor altíssimo de ITBI. E se por acaso alguém precisar fazer um inventário, lá se vai mais uma enormidade de taxas, de um imóvel que teoricamente é seu e que já foram pagas taxas.

- além de pagar IRRF todo mês, quando chega no início do ano, o trabalhador ainda tem que verificar se ficou devendo mais alguma coisa pra Receita Federal.

Agora vamos pegar um caso de uma empresa pequena, prestadora de serviço, tributada pelo Lucro Presumido e que não pode ser enquadrada no Simples. Para abrir a empresa, se paga toda aquela enormidade de impostos a Receita Federal, Prefeitura, Junta Comercial, Cartório e escambal a quatro. Além disso, anualmente se paga a Prefeitura uma licença para poder funcionar no Município, o TFE.
Dai todo mês ela paga:
- INSS: 20%
- FGTS: 8%

- IR: sobre NF, 1,5%
- IRPJ: que pode chegar até 32% sobre o faturamento
- CSSL, 1,08% sobre o faturamento
- PIS: 0,65% sobre o faturamento
- COFINS: 3% sobre o faturamento
- ISS: que pode chegar a 5% do faturamento (sim, além de pagar anualmente uma taxa para poder funcionar no Município, ainda temos que pagar 5% em cima de cada NF emitida).

Com certeza esqueci de mais alguns impostos que se paga todo mês.
Não sou contra os impostos, como alguém pode pensar, o que me revolta é que eles nunca são destinados ao que realmente deverião ser e nunca temos um retorno, em benefício a população!
Pois bem, agora eu pergunto: PRESIDENTE, PAGANDO TUDO ISSO, TODOS OS MESES E NÃO TENDO NENHUM RETORNO POR PARTE DO GOVERNO, QUE É O DIREITO DE TODO CIDADÃO, ME DIGA QUEM AQUI É O SONEGADOR?????????????

Brasil, mostra a tua cara!!!!!

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

13 Comments:

Alice said...

É isso aí Edna !!! muito bem escrito e muito bem expresso !! concordo e assino embaixo !!

beijos pra vc

Bia said...

Nossa, amiga...lavei a alma com seu post!
Sabe que a gent vai pagando todo mês esses imposto, acha absurdo, mas qdo vemos assim escrito, é que percebemos o roubo que é..
E tem mais, as empresas prestadoras de serviços, que são a maioria e que geram muitos empregos, normalmente ficam fora desses benefícios do governo, um absurdo total!
Beijoka

J. ROBERTO BALESTRA said...

EDna, a Capital é de lascar, não? Venha pra Maringá. Ao menos conhecer nossa "cityzinha": 350 mil habitantes, japonês pra dar com pau, mineiros de montão, e no mais é aquela beleza. Só tem uma tal de ZONA VERDE que nos enche o saco. MAs no mais, dá pra aturar... bjs.

Oliver Pickwick said...

Faça como eu, Edna, leia apenas as coisas interessantes dos jornais; assista apenas metade dos telejornais; e, sobretudo, leia coisas interessantes como por exemplo, esse artigo do seu novo post.
Humm... desconhecia esse seu lado economês!
Um beijo, e tenha o melhor dos fim de semanas!

Whispers in night said...

Olá Linda!
Nunca tinha ouvido falar em tal absurdo...
Então se as pessoas precisam ir trabalhar? ou ter que sair por algum motivo? e se quem que esta no dia de não saírem,sair que vai acontecer? então quer dizer que ai ate para se andar de carro não e livre?
O teu pais não e totalmente livre?
Olha fiquei sem palavras
desejo que teu fim de semana ao menos seja maravilhoso
beijos mil
whispers

Edna Federico said...

Whispers,

Pois é...é pra ficar escandalizada mesmo. Também acho um absurdo impedir o cidadão de ir e vir, mesmo que seja só por um determinado período. Na lei atual, se você for pego andando com o carro no período proíbido, leva multa.
Por outro lado, acho que o Brasil tem muita coisa e pessoas boas...e ainda com os absurdos que acontecem, podemos ser considerados livres.
Temos que lutar para lutar contra o que não concordamos.
Beijo

Margarete said...

Após ler esse seu post comecei ouvir um barulho dentro da minha bolsa, era o meu CPF e a chave do carro gritando: É isso aí Edna, estou contigo e não abro!!!
1 - A gente tem que ouvir cada desaforo que não é fácil. E aquela história de implantarem pédagio nas marginais para subsidiar a constução de mais linhas do metrô? A gente sempre leva na cabeça, pois pode ter certeza que estão preparando mais uma bomba pra jogar na cabeça dos paulistanos, rodízio, pedágio, o que for...
2 - Pode ter certeza que tem mais taxas que um empresário prestador de serviço tem que pagar, mas como hoje é sábado, a contadora aqui está de folga...
Beijinhos

Heliarly said...

1ª. Sem Rodízio não dá! Tem que ser reajustado, mas disso eu não entendo.

2ª. O imposto no Brasil não é alto. Só que e mau arrecadado e não é devolvido ao contribuinte.

3ª. Que o Lula é safado e malandro todo mundo já sabe, o fodae ter que atura-lo até 2010!

Edna Federico said...

Heliarly,

Respeito sua opinião, claro, mas não concordo.
Acho que sem rodízio dá sim, é só melhorar a condução pública.
Realmente, comparando com países da Europa, os impostos não são altos...só que lá isso é revertido para a população de muitas formas. Não podemos esquecer que aqui é um país em que o salário mínimo, não é mínimo, é irrisório!
Acho sim que pago impostos altíssimo pelo que não recebo.
Beijo

Renato Bueloni Ferreira said...

Concordo com tudo que disse. E fora os impostos que pagamos de forma disfarçada, aqueles que estão embutidos nos custos dos produtos que consumimos.

O Kassab disse que vai vetar esta mudança no rodízio. Vamos esperar para ver.
bj

Simone said...

eu não assisto jornal pelas mesmas razões. o máximo que eu faço é escutar a Band News no carro e, qdo me encho, mudo a estação. Impostos? sem comentários.

Roberto Camara Jr. said...

Éééééé....
Pior de tudo é que mais dia, menos dia vai chegar por aqui também...
SOCORRO MEU POVO!!!!

fofs2 said...

fofs
gostei do desabafo... vc falou pelo Coletivo... tambem ando bem chateada com o rumo que as coisas estão tomando...
E sinceramente nunca tive medo de mula sem cabeça, nem de monstros embaixo da cama... mas agora depois de adulta, tenho medo do Lula sem cabeça e dos monstros por baixo do pano que ele criou...

 
Pensamento Nosso - Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu Templates Novo Blogger