Poesia: Réu de Amor

glitter graphics

Corações - Glitter Gaficos Para Orkut



Para você, meu amor...

RÉU DE AMOR


Sou réu de amor! Confesso o meu pecado
Porém não me arrependo desse crime,
Que amar alguém e ser também amado
É o crime mais gostoso e mais sublime!

A confissão por certo não redime
A quem quer continuar a ser culpado,
E se eu for, por acaso, condenado,
Não há razão para que desanime.

Pelo contrário. Altivo, embora fique
Meu coração partido em mil pedaços,
Eu quero que a justiça se pratique...

Sou réu de amor, e julgo-me indefeso!
Pela justiça, entrego-me a teus braços:
Eternamente quero ficar preso...

J.G.de Araújo Jorge

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

7 Comments:

Cin said...

Ai que delicia, poema de amor com dedicatória e tudo...
Bjinhos flor!

BABI SOLER said...

Edna,
Feliz Natal!
Beijo.

Sig Mundi said...

Achei lindo! Fiquei contemplativa!


E... engole esse choro menina...hahahaha

bjs, andrea

Margarete said...

Ai que lindo....o poema, a dedicatória, tudooooooo.....
Beijinhos

J. ROBERTO BALESTRA said...

J.G. de Araújo Jorge, sempre, eternamente maravilhoso. Lindo poema. bjs

Simone said...

Amiga, obrigada pela mensagem! Um ótimo Natal para vc e sua família linda!!! bjão

Renato Bueloni Ferreira said...

Tá todo mundo correndo..rss
Feliz Natal para vc e toda a família!

 
Pensamento Nosso - Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu Templates Novo Blogger