Poema: Cecília Meireles








Boa tarde, galera...

Hoje ficaremos com um lindo poema de Cecília Meireles.
Cecília Benevides de Carvalho Meireles, nasceu em 07 de Novembro de 1901 no Rio de Janeiro e morreu em 09 de Novembro de 1964, também no Rio de Janeiro.
Começou a escrever poesia aos 9 anos de idade e aos dezoito anos de idade publicou o seu primeiro livro de poesias, Espectro, em 1919.
Atuou como jornalista, com publicações diárias sobre problemas na educação, área à qual se manteve ligada fundando, em 1934, a primeira biblioteca infantil do Rio de Janeiro.
Como professora, estudou línguas, literatura, música, folclore e teoria educacional.
Uma grande e sensível poetisa brasileira e que merece nossa homenagem!

Poema do Amor Perfeito

Naquela nuvem, naquela,
mando-te meu pensamento:
que Deus se ocupe do vento.

Os sonhos foram sonhados,
e o padecimento aceito.
E onde estás, Amor-Perfeito?

Imensos jardins da insônia,
de um olhar de despedida
deram flor por toda a vida.
Ai de mim que sobrevivo
sem o coração no peito.
E onde estás, Amor-Perfeito?

Longe, longe, atrás do oceano
que nos meus olhos se aleita,
entre pálpebras de areia...

Longe, longe... Deus te guarde
sobre o seu lado direito,
como eu te guardava do outro,
noite e dia, Amor-Perfeito.


Cecília Meireles

imagem: www.todoportugues.com.ar

terça-feira, 3 de julho de 2007

1 Comment:

Bia said...

Que bonito, não conhecia esse.

 
Pensamento Nosso - Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu Templates Novo Blogger