Ser criança

Boa tarde, pessoas...

Na padaria que compro pão perto de casa, os sacos de papel são personalizados e atrás sempre tem uma mensagem. Eu, que leio até bula de remédio, riso, estou sempre lendo o que vêm.
Essa semana veio essa linda mensagem, escrita por Maria Alice Estrella, poetisa nascida em Porto Alegre e advogada formada pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pelotas.
Dentre tantas outras coisas que faz, é correspondente de vários jornais culturais.Publicou cinco livros independentes e participou de nove coletâneas. É cronista colaboradora do jornal Diário Popular, escreve uma coluna, publicada no caderno Dominical, semanalmente.

"Ser criança é estar de mãos dadas com a vida na melhor das intenções. É acreditar no momento presente com tudo o que oferece, é aceitar o novo e desejar o máximo.
Ser criança é estar em constante estágio de aprendizado, é querer buscar e descobrir verdades sem a armadura da dúvida.
Ser criança é ter um riso franco esparramado pelo rosto, mesmo em dia de chuva, é adorar deitar na grama, ver figuras nas nuvens e criar histórias.
Ser criança é colar o nariz na vidraça e espiar o dia lá fora. É gostar de casquinha de sorvete, de bolo de chocolate, de passar a ponta do dedo no merengue.
Ser criança é acreditar, esperar, confiar. E é ter coragem de não ter medo.
Ser criança é saber embrulhar desapontamentos e abrir caixinhas de surpresas.
Ser criança é ter sempre uma pergunta na ponta da língua e querer muito todas as respostas.
Ser criança é misturar sorvete com televisão, computador com cheiro de flor, passarinho com goma de mascar, lágrimas com sorrisos.
Ser criança é habitar no país da fantasia, viver rodeado de personagens imaginários, gostar de quem olha no olho e fala baixo.
Ser criança é gostar de sentar na janela e detestar a hora de ir para a cama.
Ser criança é cantar fora do tom e dar risadas se alguém corrige.
Ser criança é ser capaz de perdoar e anestesiar a dor com uma dose de sabedoria genuína e peculiar.
Ser criança é andar confiante por caminhos difíceis e desconhecidos na ânsia de desvendar mistérios.
Ser criança é gostar de brincadeira, do sonho, do impossível. Criança é saber nada e poder tudo.
Ser criança é detestar relógios e compromissos. É ter pouca paciência e muita pressa.
E ser criança é, também, ser o adulto que nunca esqueceu da criança que foi um dia. O adulto que consegue se reencontrar com a criança que ainda vive no seu íntimo e mais precioso território. Aquele pedaço que justifica todos os percalços e que dignifica todos os tropeços. A ingenuidade restaurada no dia-a-dia e que o transforma em herói, ao reler as histórias de sua própria vida, narradas pela criança que o abraça, nas entrelinhas de um tempo que permanece imutável porque sagrado. O tempo do princípio, da origem, da própria essência."

Maria Alice Estrella

Fiquei feliz de perceber que ainda sou criança...acho que serei a vida inteira!
Nisso me veio a lembrança uma música que sempre gostei, vamos sonhar juntos?


Aquarela - Toquinho



sexta-feira, 8 de junho de 2007

7 Comments:

Bia said...

Ai, que lindo, eu adoro Toquinho!!!!
Amiga, que padaria chic essa, hein...hehehehehehe.

Sueli said...

Que texto bonito...e esse vídeo então, é lindo!

Simone said...

eu AMO essa música. Olha que coisa mais linda "o futuro é uma astronave que tentamos pilotar. Não tem tempo, nem piedade, nem tem hora de chegar. Sem pedir licença muda a nossa vida e depois convida a rir ou chorar"

Renato Bueloni Ferreira said...

o texto é muito bonito e a música é fantástica. Como lembrou a Simone sobre o futuro: sempre tentamos controlar, planejar, prever, e ele vem e nos surpreende, invade nossas vidas e muda tudo, de repente, tanto coisas boas, como coisas aparentemente ruins. As ruins só entendemos com o passar do tempo.

Eduardo said...

Texto bonito e música linda...Toquinho é um gênio!

Edna Federico said...

Fico feliz que tantas pessoas compartilhem comigo o gosto por essa música. Não tem como ouví-la e não ficar pensando.
Às vezes tentamos mesmo domar o futuro e dai percebemos o quão tolo somos.

Cinthia said...

Caraca, qto tempo não ouvia essa música, é bonita demais!!!!!!!
E o texto tb é bonito.
Vixe, sou muito criança, rs

 
Pensamento Nosso - Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu Templates Novo Blogger