Noivos x Igreja



Saiu no Jornal O Estado de São Paulo, do dia 26/05/2007, em matéria de Evandro Fadel, de Curitiba, uma reportagem com o título: “Igreja Quer menos padrinhos e mais fé”.


Está proibido desde 01 de Janeiro desse ano a profusão de padrinhos em casamentos nas 130 paróquias da Arquidiocese de Curitiba.
A justificativa é que estava havendo exagero e que isso diminuía o momento de espiritualidade.
Ihhhhh, isso vai dar uma confusão!
Também acho que há pessoas que exageram, vi, por exemplo, que no casamento de uma pessoa famosa há pouco tempo, havia nada mais, nada menos que 48 padrinhos....é muita gente.
A arquidiocese de Curitiba recomenda que cada noivo tenha apenas um casal de testemunha e também não quer cortejo dos padrinhos, que acontecia antes dos noivos.
Também está interferindo nas escolhas das músicas...não quer músicas estranhas ao rito do matrimônio ou aos costumes da fé cristã. Portanto, se alguém quiser “aquela” música bonita, “daquele” filme, esquece!
Também não quer mais músicas durante a leitura do Evangelho, o sermão, as respostas dos noivos no consentimento e troca das alianças; nem mesmo como fundo musical. Diz que não quer distrações na assembléia durante esses atos. Assim como também não quer o trabalho dos fotógrafos e cinegrafistas na leitura do Evangelho e sermão, pelo mesmo motivo
Também está interferindo na decoração...quer apenas uma decoração no dia, para todos os matrimônios e quem escolhe são os noivos do primeiro horário...ou seja, se eles não tiverem bom gosto, danou-se!
Também não pode mais haver ensaios na igreja antes do casamento, pois, segundo eles, o sacramento não é um show.

Eu acho o seguinte: a igreja cobra e cobra bem caro para realizar um casamento, então deveriam ser mais tolerantes.
Acho que os excessos devem sim ser combatidos, ainda mais aqueles que podem colocar em risco a estrutura da igreja, como excesso de iluminação, ou som.
Mas, por outro lado, esse é um dos momentos mais importantes da vida do casal e nada mais natural que queiram eternizar o momento...não acho que isso diminui a fé, a importância ou a atenção ao sacramento!
Lembro que quando me casei nem prestei atenção na música, tanta era minha emoção e concentração nas palavras do padre...só fui ver música, decoração e todo o resto, no DVD e nas fotos.
Sendo assim tão extremistas, a igreja só vai conseguir afastar cada vez mais fiéis.
Como diria minha avó, isso ainda vai dar muito pano pra manga!!!

Imagem: http://butterflydeath.blogs.sapo.pt/arquivo/casamento%20(luar).jpg

quarta-feira, 30 de maio de 2007

5 Comments:

Bia said...

Acho engraçado algumas posições da igreja. Vc tem razão, eles cobram muito caro, então devem mesmo ser mais tolerantes

Cinthia said...

Tb acho que a igreja católica perdeu muitos fiéis nos últimos anos por conta de sua intransigência.

Eduardo said...

Essas atitudes e outras que me afastam da igreja mesmo.

Cinthia said...

Edna,

Por essas e outras que não oficializei minha união. Talvez um dia, qdo tiver filhos e sentir necessidade de um papel, o faça

Rosana said...

Fofs...sou catolica desde que nasci, mas te confesso... que quando marquei meu casamento, quase desisto de vez da igreja catolica , de tanto que fomos humilhados por "padres" que ao inves de semear o amor, querem criar problemas e confusões.

Sinceramente, se não fosse pelo meu tio que é padre franciscano , e é totalmente da paz , eu já teria desistido de seguir o catolicismo.
E olha que eu casei na simplicidade , no mesmo dia de mais 6 noivas, fizemos 1 decoração só , musicas cristãs e mesmo assim precisei ir ate outra cidade buscar um padre para celebrar , pois o padre da igreja que casei disse que 20h30 era muito tarde pra ele estar na paroquia dele.
Aff

 
Pensamento Nosso - Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu Templates Novo Blogger