O menino e seu sorriso


Bom dia,


Sexta-feira, ô coisa boa!


Perto de um farol, no caminho que percorro para levar e buscar meu filho à escola há um garoto que fica vendendo balas e chocolates. Na verdade ele é um adolescente, deve ter seus 15 ou 16 anos.
Você pode estar pensando: “e daí, é um garoto vendendo doces como tantos outros que existem nos faróis de São Paulo.”
Também pensei isso na primeira vez que o vi, mas com o passar dos dias comecei a observá-lo toda vez que o trânsito parava e tínhamos que esperar o farol abrir. Duas coisas me chamaram a atenção...
Primeiro: ele sempre está bem vestido, não com roupas caras, mas as roupas não são rasgadas e nem sujas...é como qualquer outro adolescente que encontramos num shopping, na rua, na escola.
E a outra coisa e mais significativa, é que sempre vejo esse menino com um sorriso ENORME no rosto! Ele segura aquelas caixas de doces e vai andando pela calçada, oferecendo seus produtos aos motoristas parados com um carisma, uma simpatia, uma alegria, que não tem como não falar com ele.
Nos dias de hoje são poucas as pessoas que vejo trabalhar com tanta energia, com tanta alegria, disposição...dá pra notar que ele não está ali reclamando da vida, não reclama por ter que ficar debaixo do Sol, da chuva, exposto ao frio, ao perigo de um carro desgovernado subir na calçada, ao mau humor das outras pessoas.

Isso me lembra um post que li num blog chamado http://www.visaoaolonge.blogspot.com/.
É um blog que sempre tem textos muito interessantes. Desculpe o autor, mas não lembro o título do post e nem exatamente as palavras, mas falava sobre como no nosso dia a dia passamos por pessoas e nem as notamos, por exemplo: um gari, a moça do café, o ascensorista e etc. Falava também sobre como todo trabalho é valoroso e digno, desde que bem feito e com honestidade. Concordo com tudo o que foi dito e tomo como exemplo a figura desse menino vendedor de doces no farol. Seu trabalho não exige estudo, cultura, conhecimento, mas dentro do que ele se propôs a fazer, faz muito bem feito, com prazer e isso é fundamental.
Tenho certeza que ele consegue vender muito mais balas e chocolates somente por causa do seu sorriso...
Quando estou meio cansada, com sono, de mau humor e vejo esse menino e seu sorriso, fico contagiada e sorrio também.
Não sei seu nome, aliás não sei nada sobre ele além do que vejo todos os dias, mas tenho certeza que ele, ao longo de sua vida, conseguirá abrir muitas portas, somente porque sorri.


sexta-feira, 18 de maio de 2007

2 Comments:

Bia said...

Nossa, Edna, que bonito esse post!
É verdade, nosso dia a dia é tão corrido, que às vezes nem notamos as pessoas que estão ao nosso lado.
Sorrir é tudo no mundo de hoje!
Beijos

Cinthia said...

Gosto muito do jeito que vc escreve, parece que estou vendo esse menino sorrindo!

 
Pensamento Nosso - Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu Templates Novo Blogger